Página 1 dos resultados de 271 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

‣ Associação entre alterações do sono e qualidade de vida em pacientes com transtorno de humor bipolar em eutimia

Giglio, Larriany Maria Falsin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
89.28409%
Introdução: Distúrbios do sono têm sido descrito no transtorno de humor bipolar (THB). Dentre as queixas específicas podemos incluir: os despertares freqüentes durante a noite; pobre qualidade de sono; redução do tempo total de sono e pesadelos. A maioria dos pacientes com THB apresentam problemas relacionados à insônia, mas uma porcentagem significativa de pacientes apresenta sintomas de hipersonia com aumento de horas de sono a noite e sonolência excessiva diurna. Métodos: cento e noventa pacientes bipolares tipo I diagnosticados através de uma entrevista clínica estruturada para transtornos mentais DSM-IV (SCID), foram distribuídos em dois grupos baseados na presença ou ausência de distúrbios do sono verificadas pelas questões 4, 5 e 6 da escala de avaliação para depressão de Hamilton (HAM-D), qualidade de vida (QV), incapacidade e disfunção global foram avaliadas usando o instrumento de avaliação da qualidade de vida da organização mundial da saúde (WHOQOL-Brief), a escala de incapacidade (Sheehan) e a avaliação de funcionalidade global (GAF), respectivamente. Resultados: as queixas de sono tiveram um impacto negativo na qualidade de vida geral, observada na diminuição dos escores da WHOQOL e da GAF e aumento nos escores da Sheehan. Conclusão: os nossos resultados mostraram que pacientes eutímicos possuem alterações significativas do sono e...

‣ Diagnóstico dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano; Diagnosis of circadian rhythm sleep disorders

Martinez, Denis; Lenz, Maria do Carmo Sfreddo; Menna-Barreto, Luiz Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
119.68314%
Queixas de insônia e sonolência excessiva são comuns na investigação dos distúrbios respiratórios do sono; os transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano talvez sejam as causas mais freqüentemente esquecidas no diagnóstico diferencial destes sintomas. Estes transtornos se manifestam por desalinhamento entre o período do sono e o ambiente físico e social de 24 h. Os dois transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano mais prevalentes são o de fase atrasada (comum em adolescentes) e avançada do sono (comum em idosos), situações nas quais o período de sono se desloca para mais tarde e mais cedo, respectivamente. As possíveis confusões com insônia e sonolência excessiva tornam importante ter sempre em mente estes transtornos. Entretanto, há nove possíveis diagnósticos, e todos são de interesse clínico. Como a luz é o principal sinal para sincronizar os relógios biológicos, pessoas cegas e trabalhadores em turnos e noturno são os mais propensos a desenvolver transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano. Neste artigo, revisa-se a nova classificação internacional dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano.; Insomnia and excessive sleepiness are common in the investigation of sleep-disordered breathing. Circadian rhythm sleep disorders are perhaps the most often overlooked conditions in the differential diagnosis of these symptoms. Circadian rhythm sleep disorders manifest as misalignment between the sleep period and the physical/social 24-h environmental cycle. The two most prevalent circadian rhythm sleep disorders are delayed sleep phase (common in adolescents) and advanced sleep phase (common in the elderly)...

‣ Variação sazonal da apneia do sono : evidência de uma década de polissonografias em Porto Alegre

Cassol, Cristiane Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
99.18529%
Contextualização: Apneia do sono está associada com desfechos cardiovasculares. No Rio Grande do Sul, a mortalidade cardiovascular e respiratória é maior durante o inverno. Testou-se a hipótese de que o índice de apneia-hipopneia (IAH) de pacientes submetidos à polissonografia, para investigação de transtornos do sono, no inverno seria maior do que no verão. Métodos: Estudo retrospectivo, realizado em Porto Alegre, de janeiro de 2000 a dezembro de 2009, através da análise de banco de dados com 7.523 pacientes, de ambos os gêneros, submetidos à polissonografia basal, de noite inteira, realizada em laboratório do sono. Dados meteorológicos, de poluição atmosférica e mortalidade, foram obtidos a partir do 8º Distrito de Meteorologia do Instituto Nacional de Meteorologia, Fundação Estadual de Proteção Ambiental e Secretaria Estadual de Saúde, respectivamente. A sazonalidade foi investigada através do método cosinor para identificar padrão oscilatório do IAH ao longo do ano. Resultados: A análise de cosinor confirmou a existência de padrão circanual para o IAH, com acrofase em agosto e nadir em fevereiro. IAH nos seis meses mais frios foi 26.5±25.2/h e 23.4±24.1, nos meses mais quentes (P<0.0001), mesmo após ajustar para gênero...

‣ Avaliação do sono em pacientes adultos com fibrose cística

Perin, Christiano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
89.20907%
Introdução: Pacientes com fibrose cística (FC) comumente apresentam pronunciadas alterações em vias aéreas inferiores, obstrução crônica de vias aéreas superiores, tosse noturna e uso de múltiplas medicações. Desta maneira, estão predispostos a apresentar diminuição da qualidade do sono e distúrbios respiratórios durante o sono. Embora a hipoxemia noturna seja considerada comum e sua identificação relevante no manejo da FC, atualmente ainda restam dúvidas sobre os preditores de dessaturação durante o sono nesta população. Objetivos: 1) Avaliar os distúrbios do sono em uma amostra de pacientes adultos com FC comparando-os com controles saudáveis e 2) Determinar os melhores preditores de dessaturação no sono em pacientes com FC e uma saturação periférica de oxigênio (SpO2) em vigília ≥90%. Métodos: Estudo transversal, com coleta de dados prospectiva, onde foram avaliados pacientes adultos com FC estáveis clinicamente e controles saudáveis pareados por idade e sexo. Todos os indivíduos realizaram uma polissonografia de noite inteira e preencheram a Escala de Sonolência de Epworth (ESE) e o Questionário de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI). Os pacientes com FC realizaram função pulmonar...

‣ Avaliação da qualidade do sono em estudantes de Medicina

Cardoso,Hígor Chagas; Bueno,Fernanda Carla de Castro; Mata,Jaqueline Cardoso da; Alves,Ana Paula Rodrigues; Jochims,Isadora; Vaz Filho,Ivan Henrique Ranulfo; Hanna,Marcelo Michel
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
89.07241%
Os estudantes de Medicina compõem um grupo susceptível aos transtornos do sono, em razão da carga curricular em horário integral, das atividades extracurriculares e da forte pressão e estresse, com exigência de alto rendimento e tempo demandado em estudos. O objetivo deste trabalho foi avaliar os hábitos do sono dos estudantes da graduação e residentes da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás, a fim de identificar os principais fatores que afetam a qualidade do sono. Foram analisados 276 estudantes, sendo 234 (84,7%) acadêmicos e 42 (18,2%) residentes. Aplicou-se o questionário Índice de Qualidade do sono de Pittsburg (PSQI) e a escala de sonolência de Epworth. A análise dos questionários revelou associação estatisticamente significante entre sonolência e qualidade do sono (RR:1,108; IC 95% 1,0047 - 1,2240). O trabalho demonstrou que estudantes com sonolência diurna excessiva apresentam pior qualidade de sono; e uma variação significativa da prevalência da sonolência diurna excessiva e da qualidade ruim do sono entre as amostras de primeiro ano de graduação e residentes.

‣ Transtornos do sono em pacientes ambulatoriais com depressão

Chellappa,Sarah Laxhmi; Araújo,John Fontenele
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
99.7222%
CONTEXTO: Os transtornos do sono são uma característica marcante do transtorno depressivo e podem ocorrer nos primeiros estágios da depressão, antecipá-la ou ser um sintoma residual. OBJETIVO: Avaliar as queixas de transtornos do sono em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo de um hospital geral. MÉTODOS: Foi realizado um estudo observacional, transversal, com uma amostra de 70 pacientes (44 mulheres e 26 homens) com diagnóstico de transtorno depressivo, segundo os critérios da DSM-IV. Os pacientes foram entrevistados e avaliados por meio da ficha de identificação do questionário de hábitos de sono e do Inventário de Depressão de Beck (IDB). RESULTADOS: Neste estudo, 50 (71,3%) pacientes apresentaram recorrência das queixas de transtornos do sono. A média dos escores obtida no IDB foi 35,83±8,85, com diferenças significativas entre os pacientes com (38,50±8,70) e sem (29,60±7,80) recorrência (p < 0,05) e entre pacientes com 1, 2, 3 e > 3 episódios (p < 0,05) de transtornos do sono. Neste estudo, 49 (70%) pacientes apresentaram insônia e 21 (30%), sonolência excessiva subjetiva. Houve diferença significativa entre a duração média em meses dos transtornos do sono (7,16±2,10) e do transtorno depressivo (6...

‣ Confiabilidade e reprodutibilidade do Questionário de Hábitos do Sono em pacientes depressivos ambulatoriais

Chellappa,Sarah Laxhmi; Araújo,John Fontenele
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
89.27029%
CONTEXTO: Estudos recentes sugerem que, em concomitância com a avaliação clínica, a utilização de questionários do sono permite melhor caracterizar as queixas de sono alterado em pacientes depressivos. OBJETIVO: Determinar a confiabilidade e a reprodutibilidade do Questionário de Hábitos do Sono na identificação das queixas de transtornos do sono, como a insônia e a sonolência excessiva, em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com uma amostra de 70 pacientes depressivos no ambulatório de psiquiatria de um hospital geral. Os pacientes foram entrevistados e avaliados por meio do Questionário de Hábitos do Sono em dois momentos, sendo utilizado um desenho de estudo de confiabilidade teste-reteste das respostas que foram analisadas e estimadas pelo coeficiente Kappa. RESULTADOS: Na análise de confiabilidade e de reprodutibilidade, o coeficiente Kappa obteve um nível de concordância forte (0,73 a 0,80) em grande parte das questões, com a maioria dos coeficientes acima de 0,75. CONCLUSÕES: O Questionário de Hábitos do Sono mostrou ser confiável na avaliação das queixas de insônia e de sonolência excessiva em pacientes depressivos ambulatoriais.

‣ O sono e os transtornos do sono na depressão

Chellappa,Sarah Laxhmi; Araújo,John Fontenele
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
99.45203%
CONTEXTO: Os transtornos do sono são freqüentemente associados a um leque de transtornos psiquiátricos, sendo considerados uma característica inerente do transtorno depressivo. OBJETIVOS: Discorrer a cerca das atuais evidências sobre as investigações do sono e das alterações deste na depressão, além de alguns dos principais modelos teóricos propostos para explicar essas alterações. MÉTODOS: O levantamento da literatura médica foi feito nos seguintes bancos de dados: ISI e Medline. RESULTADOS: Diversos estudos constataram alterações no padrão eletroencefalográfico do sono em pacientes com depressão. Dentre os principais achados, estão alterações na continuidade e na duração do sono, diminuição das fases 3 e 4 do sono, menor latência do sono REM (rapid eye movements) e maior duração e densidade do primeiro período REM. Essa técnica tem atualmente uma utilidade limitada como ferramenta de diagnóstico na depressão. CONCLUSÕES: Embora os mecanismos fisiopatológicos das alterações do sono na depressão sejam complexos e de natureza multifacetada, os estudos do sono têm um importante papel na investigação da depressão, particularmente nas áreas de predição de resposta a tratamentos, prognóstico de recaídas e na investigação de modelos etiológicos.

‣ Métodos diagnósticos nos distúrbios do sono

Togeiro,Sônia Maria Guimarães Pereira; Smith,Anna Karla
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
89.56573%
O objetivo deste artigo é o de descrever os procedimentos, as recomendações, os achados e o valor dos métodos diagnósticos utilizados em transtornos do sono, incluindo questionários, actigrafia, polissonografia e teste múltiplo de latência do sono. Questionários específicos incluindo avaliação da qualidade do sono, hipersonolência, transtornos respiratórios do sono e ritmo sono-vigília são utilizados, em geral, para triar transtornos do sono e como indicação para estudos sobre o sono. A polissonografia e o teste múltiplo de latência do sono são considerados como métodos padrão-ouro na maioria dos transtornos do sono e narcolepsia, respectivamente. Os critérios para tais transtornos são relatados abaixo.

‣ Qualidade do sono e tolerância ao esforço em portadores de apneia obstrutiva do sono

Nascimento,Aliny Priscilla do; Passos,Vívian Maria Moraes; Pedrosa,Rodrigo Pinto; Brasileiro-Santos,Maria do Socorro; Barros,Isly Maria Lucena de; Costa,Laura Olinda Bregieiro Fernandes; Santos,Amilton da Cruz; Lima,Anna Myrna Jaguaribe de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
98.72723%
INTRODUÇÃO: O sono é um estado natural e recorrente, no qual acontecem processos neurobiológicos importantes. A má qualidade do sono está diretamente associada com piores indicadores de saúde. A qualidade do sono pode ser medida objetiva e subjetivamente por métodos como a polissonografia, que é o padrão de referência, ou por meio de testes e questionários, como o índice de qualidade de sono de Pittsburgh (IQSP). OBJETIVO: Correlacionar a qualidade do sono com a tolerância ao esforço em pacientes portadores da síndrome da apneia/hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS). MÉTODOS: Participaram do estudo 63 indivíduos (57 mulheres e seis homens), média de idade de 51,7 ± 6,6 anos; índice de massa corpórea (IMC) média de 28,2 ± 5,0 kg/m2); índice de apneia/hipopneia (IAH) médio de 7,3 ± 10,50 eventos/hora, verificado através da polissonografia. Para a avaliação da qualidade do sono, os participantes responderam ao IQSP, e para a avaliação da tolerância ao esforço, realizaram o teste de caminhada de 6 minutos (TC6M). RESULTADOS: Não houve correlação entre o IQSP e o TC6M (Rs = -0...

‣ Diagnóstico dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano

Martinez,Denis; Lenz,Maria do Carmo Sfreddo; Menna-Barreto,Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
109.67817%
Queixas de insônia e sonolência excessiva são comuns na investigação dos distúrbios respiratórios do sono; os transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano talvez sejam as causas mais freqüentemente esquecidas no diagnóstico diferencial destes sintomas. Estes transtornos se manifestam por desalinhamento entre o período do sono e o ambiente físico e social de 24 h. Os dois transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano mais prevalentes são o de fase atrasada (comum em adolescentes) e avançada do sono (comum em idosos), situações nas quais o período de sono se desloca para mais tarde e mais cedo, respectivamente. As possíveis confusões com insônia e sonolência excessiva tornam importante ter sempre em mente estes transtornos. Entretanto, há nove possíveis diagnósticos, e todos são de interesse clínico. Como a luz é o principal sinal para sincronizar os relógios biológicos, pessoas cegas e trabalhadores em turnos e noturno são os mais propensos a desenvolver transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano. Neste artigo, revisa-se a nova classificação internacional dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano.

‣ Apneia do sono

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
98.36716%
O material é componente do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UFMA (Unidade 03, do módulo 07). Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta os sintomas da apneia do sono em idosos. Este distúrbio apresenta maior prevalência em homens e está associado à obstrução parcial ou total das vias, causando paradas repetidas e temporárias da respiração enquanto a pessoa dorme.

‣ Distúrbios do sono em pacientes com transtorno depressivo; Evaluation of sleep disorders complaints in outpatients with depressive disorder

Chellappa, Sarah Laxhmi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
109.70959%
To evaluate sleep disorder complaints in outpatients with depressive disorder from a general hospital. Methods: An observational, cross-sectional study was carried out with a study sample composed of 70 patients (44 women and 26 men) with diagnosis of depressive disorder, according to the DSM-IV criteria. The patients were interviewed and evaluated by the Identification Questionnaire, the Sleep Habits Questionnaire and the Beck Depression Inventory (BDI). Results: In this study, 50 (71.3%) patients had recurrence of sleep disorder complaints. Mean BDI score was 35.83+8.85, with significant differences between patients with (38.50+8.70) and without (29.60+7.80) recurrence (p<0.05) and among patients with 1, 2, 3 and >3 episodes (p<0.05). In this study, 49 (70%) patients had insomnia and 21 (30%) had subjective excessive sleepiness. Significant differences were observed between the mean duration in months of the sleep disorders (7.16+2.10) and the depressive disorder (6.12+1.90) (p<0.05). Discussion: In the study sample, recurrence of sleep disorder complaints was high and significantly associated with severe depression. Insomnia was prevalent and the mean duration of sleep disorders was higher in relation to depressive disorder; Identificar e avaliar os transtornos do sono presentes em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo do Hospital Universitário Onofre Lopes...

‣ Estudo descritivo de uma população de pacientes com transtornos do sono em ambulatório privado no Distrito Federal com ênfase na prevalência das queixas de sonolência e fadiga

Mello, Max Sarmet Moreira Smiderle
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
89.41405%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2011.; OBJETIVO: Estudar população de pacientes ambulatoriais com transtornos de sono com relação à frequência das queixas de sonolência e fadiga, verificando a existência de possível diferença dessas queixas entre as doenças estudadas e entre gêneros, avaliando a existência de fatores que possam promover essas queixas nesta população. METODOLOGIA: foram estudados 980 prontuários eletrônicos de pacientes de ambos os sexos, em um ambulatório privado de Medicina do Sono em Brasília-DF, entre janeiro de 2008 e maio de 2010. Foram considerados elegíveis os pacientes com os seguintes diagnósticos: narcolepsia, síndrome da apnéia obstrutiva do sono (SAOS), insônia e síndrome das pernas inquietas (SPI). Para tal foram utilizados: Escala de Sonolência de Epworth (ESE), Escala de Pichot (EP), Escala de Mallampati (EMa), Índice de Apnéia-hipopnéia (IAH) e Índice de Massa Corpórea (IMC). RESULTADOS: 214 pacientes foram incluídos sendo 114 (53,3%) do sexo masculino e 100 (46,7%) do sexo feminino, com média de idade de 49 anos (variando de 17 a 85 anos) sendo que 69 (32,2%) apresentaram fadiga associada à sonolência; 46 (21...

‣ Ensaio clínico randomizado, duplo-cego e controlado com placebo sobre o uso da trazodona nos transtornos do sono em pacientes com doença de Alzheimer

Camargos, Einstein Francisco de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
89.27594%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2013.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Anexo 6.; Os transtornos do sono são frequentemente observados em pacientes com doença de Alzheimer e são desafiadores na prática clínica dos profissionais que lidam com esse paciente. Apesar de existirem estudos sobre terapias cognitivas e comportamentais nesse campo, fármacos hipnóticos e antidepressivos são os mais utilizados na prática clínica, frequentemente sem o embasamento de pesquisas adequadas. O objetivo principal desse estudo consistiu em avaliar, por meio da actigrafia, questionários estruturados e escalas, a eficácia e segurança do uso da trazodona 50mg comparado com o placebo no tratamento dos transtornos do sono em pacientes com a doença de Alzheimer. Análises secundárias do possível impacto da trazodona em testes cognitivos, funcionais e comportamentais também foram realizadas. Durante o período de fevereiro de 2010 a julho de 2012, foram randomizados 36 pacientes com diagnóstico de doença de Alzheimer provável e queixa de transtorno do sono avaliada pelo inventário neuropsiquiátrico e actigrafia. Desses, 30 pacientes chegaram ao final do estudo...

‣ Apneia do sono

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Material interativo em formato HTML contendo imagens coloridas e botões de ação.
Português
Relevância na Pesquisa
98.37284%
O material é componente do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UFMA (Unidade 03, do módulo 07). Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta os sintomas da apneia do sono em idosos. Este distúrbio apresenta maior prevalência em homens e está associado à obstrução parcial ou total das vias, causando paradas repetidas e temporárias da respiração enquanto a pessoa dorme.; Ministério da Saúde

‣ Transtornos do sono em pacientes ambulatoriais com depressão; Sleep disorders in outpatients with depressive disorder

Chellappa, Sarah Laxhmi; Araújo, John Fontenele
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
99.7222%
CONTEXTO: Os transtornos do sono são uma característica marcante do transtorno depressivo e podem ocorrer nos primeiros estágios da depressão, antecipá-la ou ser um sintoma residual. OBJETIVO: Avaliar as queixas de transtornos do sono em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo de um hospital geral. MÉTODOS: Foi realizado um estudo observacional, transversal, com uma amostra de 70 pacientes (44 mulheres e 26 homens) com diagnóstico de transtorno depressivo, segundo os critérios da DSM-IV. Os pacientes foram entrevistados e avaliados por meio da ficha de identificação do questionário de hábitos de sono e do Inventário de Depressão de Beck (IDB). RESULTADOS: Neste estudo, 50 (71,3%) pacientes apresentaram recorrência das queixas de transtornos do sono. A média dos escores obtida no IDB foi 35,83±8,85, com diferenças significativas entre os pacientes com (38,50±8,70) e sem (29,60±7,80) recorrência (p < 0,05) e entre pacientes com 1, 2, 3 e >; 3 episódios (p < 0,05) de transtornos do sono. Neste estudo, 49 (70%) pacientes apresentaram insônia e 21 (30%), sonolência excessiva subjetiva. Houve diferença significativa entre a duração média em meses dos transtornos do sono (7,16±2,10) e do transtorno depressivo (6...

‣ O sono e os transtornos do sono na depressão; Sleep and sleep disorders in depression

Chellappa, Sarah Laxhmi; Araújo, John Fontenele
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
99.45203%
BACKGROUND: Sleep disorders are usually associated with a wide range of psychiatric disorders, and are regarded as acharacteristic feature of depression. OBJECTIVES:To reportthe current state-of-the-artin sleep research in depression and to present some of the principal theoretical models that explain these sleep disturbances. METHODS: Literature review was carried out in the ISI and Medline databases. RESULTS: Several studies have indicated alterations in sleep electroencephalographic patterns in subjects with depression. Some of the most frequent findings are disorders affecting the continuity and duration of sleep, reduction of phases 3 and 4 of sleep, decreased REM (rapid eye movements) sleep latency, and prolonged and intense first period of REM sleep. This technique is currently of limited use as a diagnostic tool in depression. CONCLUSIONS: AAlthough the pathophysiological mechanisms of sleep disorders in depression are complex, sleep studies play a key role in investigative research in depression, particularly in areas regarding prediction of responses to treatment, prognosis of relapses, and etiological models regarding depression.; CONTEXTO: Os transtornos do sono são freqüentemente associados a um leque de transtornos psiquiátricos...

‣ Confiabilidade e reprodutibilidade do Questionário de Hábitos do Sono em pacientes depressivos ambulatoriais; Reability and reproducibility of the Sleep Habits Questionnaire in depressed outpatients

Chellappa, Sarah Laxhmi; Araújo, John Fontenele
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
89.27029%
CONTEXTO: Estudos recentes sugerem que, em concomitância com a avaliação clínica, a utilização de questionários do sono permite melhor caracterizar as queixas de sono alterado em pacientes depressivos. OBJETIVO: Determinar a confiabilidade e a reprodutibilidade do Questionário de Hábitos do Sono na identificação das queixas de transtornos do sono, como a insônia e a sonolência excessiva, em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com uma amostra de 70 pacientes depressivos no ambulatório de psiquiatria de um hospital geral. Os pacientes foram entrevistados e avaliados por meio do Questionário de Hábitos do Sono em dois momentos, sendo utilizado um desenho de estudo de confiabilidade teste-reteste das respostas que foram analisadas e estimadas pelo coeficiente Kappa. RESULTADOS: Na análise de confiabilidade e de reprodutibilidade, o coeficiente Kappa obteve um nível de concordância forte (0,73 a 0,80) em grande parte das questões, com a maioria dos coeficientes acima de 0,75. CONCLUSÕES: O Questionário de Hábitos do Sono mostrou ser confiável na avaliação das queixas de insônia e de sonolência excessiva em pacientes depressivos ambulatoriais.; BACKGROUND: Recent studies suggest that...

‣ THE INFLUENCE OF SLEEP DISORDERS ON CHILD DEVELOPMENT; LA INFLUENCIA DE LOS DISTURBIOS DEL SUEÑO EN EL DESARROLLO INFANTIL; A INFLUÊNCIA DOS DISTÚRBIOS DO SONO NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Departamento de Enfermagem Universidade Federal do Ceará -UFC; Lélis, Ana Luíza Paula de Aguiar; Departamento de Enfermagem; Oliveira, Natália Rodrigues; Departamento de Enfermagem Universidade Federal do Ce
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 30/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
98.45741%
Objetivou-se averiguar em publicações científicas a influência dos distúrbios do sono no desenvolvimento infantil. Revisão integrativa da literatura, realizada no mês de dezembro de 2012 e março de 2014 nas bases de dados: LILACS, Pubmed, CINAHL, Scopus e Cochrane, abrangendo o periodo de publicação de 2003 a março de 2014, com os descritores desenvolvimento infantil e distúrbios do sono. Como amostra da pesquisa, foram selecionados oito artigos constantes na base de dados SCOPUS e três na PubMed. Sendo dois desses artigos indexados repetidamente nas duas bases supracitadas. Dessa forma, resultou em uma amostra final de nove artigos publicados entre 2007 e 2013; três são do tipo longitudinal e seis são revisões de literatura. A síntese dos resultados aponta evidências do distúrbio de sono como possível influenciador em alterações no desenvolvimento, principalmente, no aspecto cognitivo e comportamental.; El propósito del estudio fue analizar la influencia de los disturbios del sueño en el desarrollo infantil en publicaciones científicas. Revisión integrativa de la literatura, realizada en diciembre de 2012 y marzo de 2014 en las bases de datos: LILACS, Pubmed, CINAHL, Scopus y Cochrane, abarcando el periodo de publicación de 2003 a marzo de 2014...