Página 1 dos resultados de 449 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ "Tratamento da síndrome da apnéia e hipopnéia obstrutiva do sono e do ronco com placa reposicionadora da mandíbula: avaliação dos efeitos por meio de polissonografia e do exame físico da musculatura de pacientes sem disfunção craniomandibular"; Obstructive sleep apnea hypopnea syndrome and snoring treatment with repositioning mandibular appliance: effects evaluation by polysomnography and mastigatory muscle physical examination in patients without têmporo-mandibular disfuction

Duarte, Eduardo Rolo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.37027%
Entre os distúrbios do sono relatados pela Academia Americana do Sono, o mais comum é a Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) que ocorre em razão da dificuldade da passagem ou interrupção total do fluxo do ar nas vias aéreas, provocando freqüentes despertares durante o sono, levando à sonolência diurna excessiva e interfere na saúde e na qualidade de vida dos indivíduos. A apnéia obstrutiva do sono gera conseqüências como: o ronco crônico, hipertensão sistêmica, sonolência excessiva, diminuição da libido, fadiga, depressão, aumento do risco para acidentes de trabalho e automobilísticos. Uma placa oral de avanço mandibular foi objeto deste estudo por propiciar um tratamento não invasivo, simples e bem aceito pelos pacientes. Nesta pesquisa foram avaliados 15 pacientes com apnéia do sono sem disfunções craniomandibulares (DCM), que apresentaram sonolência excessiva ou ronco. Os dados foram levantados mediante: polissonografia, antes e após instalação da placa oral; análise dos sinais e sintomas de DCM, por meio de questionário anamnético e pela palpação muscular e da ATM, e radiografias de teleperfil para verificar possíveis modificações na morfologia das vias aéreas superiores. A média do índice de apnéia e hipopnéia (IAH) antes do tratamento foi de 18...

‣ Injeção roncoplástica: comparação entre etanol 50% e oleato de etanolamina 5% no tratamento do ronco; Injection snoreplasty: comparison between ethanol and ethanolamine oleate in snoring treatment

Lorenzetti, Fabio Tadeu Moura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.751206%
INTRODUÇÃO: O ronco acomete grande parte da população e o seu tratamento é um desafio, pois existem muitas opções terapêuticas e esta escolha deve ser individualizada. Entre vários procedimentos palatais para tratamento do ronco e da apneia do sono, a injeção roncoplástica (IR) surgiu como uma alternativa econômica para alguns casos selecionados. OBJETIVOS: Avaliar os resultados da IR no tratamento do ronco, comparando o oleato de etanolamina 5% e o etanol 50%. Além disso, descrever uma metodologia de aplicação própria e analisar seus resultados clínicos, complicações, medidas palatais por ressonância magnética (RM) e parâmetros polissonográficos. MÉTODOS: estudo clínico, duplo cego e randomizado, realizado de 2007 a 2010. Foram incluídos adultos roncadores com índice de apneia-hipopneia (IAH) <15. Critérios de exclusão: cirurgia palatal pregressa, IMC>35, obstrução nasal ou faríngea > 50% da via aérea, deformidade crânio-facial, gestação, ausência de acompanhante de quarto, alergia ou comorbidade grave. Sessões ambulatoriais de IR foram realizadas no palato mole (três pontos), máximo de três sessões, com quatro semanas de intervalo mínimo. Os pacientes foram divididos em dois grupos: um recebeu oleato de etanolamina 5% (A) e o outro...

‣ Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis; Effects on the treatment of Obstructive Sleep Apnea Syndrome with a Mandibular Advancement Device in edentulous elderly patients wearing removable dental prosthesis

Silveira, Isabele Trigueiro de Araújo Creazzola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.679436%
O avançar da idade é reconhecidamente um fator de risco para a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). O motivo dessa constatação está associado à diminuição do tônus da musculatura orofaringeana e à redução da Dimensão Vertical de Oclusão (DVO), esta última atribuída às perdas dentárias. A abordagem odontológica, no tratamento da SAOS, refere-se ao uso de Aparelho de Avanço Mandibular (AAM), que impede a obstrução, parcial ou total, da passagem do ar pela via respiratória alta, durante o sono. Os pacientes desdentados, no entanto, têm sido negligenciados, nos estudos atualmente realizados. Pelo exposto, este trabalho objetivou avaliar os efeitos do tratamento em variáveis polissonográficas, ronco, sonolência, qualidade do sono e ainda os efeitos colaterais pelo uso do AAM titulável, em pacientes idosos e desdentados portadadores de SAOS. A metodologia envolveu inicialmente, cinquenta pacientes, dos quais dezesseis realizaram polissonografia de noite inteira, com gravação do ronco, por meio de um Roncômetro, visando investigação objetiva do sono. Analisaram-se subjetivamente frequência e intensidade do ronco, por questionários. A Escala Visual Analógica de Ronco (EVAR), aplicada ao parceiro de quarto...

‣ Efeitos da terapia miofuncional orofacial sobre o ronco e a qualidade de sono em pacientes com ronco primário e apneia obstrutiva do sono leve a moderada; Effects of orofacial myofuncional therapy on snoring of patients with primary snoring and mild to moderate OSA

Ieto, Vanessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.92197%
O ronco é gerado pela obstrução parcial e vibração da faringe durante o sono. Apesar de causar graves problemas sociais e poder indicar presença de apneia obstrutiva do sono (AOS), o ronco não é medido de forma objetiva. O tratamento do ronco primário ou associado a formas leves de AOS é controverso. A Terapia Miofuncional Orofacial consiste em exercícios isotônicos e isométricos para língua e palato mole desenvolvidos para o tratamento da AOS moderada. No entanto, os efeitos da Terapia Miofuncional Orofacial sobre o ronco não foram medidos de forma objetiva. OBJETIVOS: Primário: determinar a eficiência da Terapia Miofuncional Orofacial em reduzir o ronco de pacientes com ronco primário, AOS leve e moderada. Secundários: desenvolver uma metodologia de quantificação objetiva do ronco; avaliar a relação das características do ronco com a gravidade da AOS; avaliar o efeito da terapia miofuncional orofacial sobre a percepção do ronco e sobre a qualidade de sono do parceiro de quarto. MÉTODOS: Foram incluídos pacientes de ambos os sexos, com idade entre 20 e 65 anos com diagnóstico polissonográfico de ronco primário, AOS leve ou AOS moderada. Os pacientes foram randomizados por 3 meses para tratamento com Terapia Miofuncional Orofacial ou Controle (uso de dilatador nasal e exercícios respiratórios). Os pacientes foram avaliados no início e final do estudo por questionários de grau de sonolência (Epworth)...

‣ Condutas terapêuticas para tratamento da Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e da Síndrome da Resistência das Vias Aéreas Superiores (SRVAS) com enfoque no Aparelho Anti-Ronco (AAR-ITO)

Ito, Fausto Alves; Ito, Roberto Takashi; Moraes, Nádia Magalhães; Sakima, Tatsuko; Bezerra, Márcio Luciano de Souza; Meirelles, Roberto Campos
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 143-156
Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
Os autores apresentam uma revisão da literatura referente às alternativas de tratamento cirúrgicas e não-cirúrgicas para a Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e para a Síndrome da Resistência das Vias Aéreas superiores (SRVAS) com enfoque no princípio de ação e evolução dos aparelhos de avanço mandibular e, em particular, no mecanismo dinâmico de ação do Aparelho Anti-Ronco® (AAR-ITO).; The authors present a literature review of the surgical and non-surgical treatment alternatives to the Obstructive Sleep Apnea and Hypopnea Syndrome (OSAHS) and snoring with focus in the mechanism of action and progress of mandibular advancement devices mainly in the dynamic action mechanism of the Mandibular Advancement Device® (MAD-ITO).

‣ Efeito do uso de aparelho intraoral no tratamento do ronco primario e apneia obstrutiva do sono; Effect of intraoral appliance to treat primary snore and sleep obstructive apnea

Cynthia Valeria Silva Gomes Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.71884%
Distúrbios respiratórios do sono são condições patológicas freqüentes. Dentre estes, destaca-se o Ronco Primário que quase sempre causa conflitos sociais e familiares, podendo ocorrer isoladamente ou fazendo parte de um quadro clínico mais severo, a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono. Esta por sua vez, além da presença do ronco que ocorre em mais de 90% dos casos, é também caracterizada por paradas respiratórias, microdispertares, dessaturações de oxigênio sanguíneo, desestruturação do sono, sonolência diurna importante, aumento da possibilidade de hipertensão arterial sistêmica, infarto do miocárdio, acidente vascular encefálico, envolvimento em acidentes de trabalho e de trânsito, assim como comprometimento da memória, cognição e atenção. A Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono pode ser subdividida em três níveis (leve, moderada e grave), considerando o índice de apnéia/hipopnéia. As formas de tratamento incluem principalmente a cirurgia, pressão aérea positiva contínua (CPAP) e aparelhos intraorais. Este estudo investigou com o exame de polissonografia, os efeitos do uso de aparelho intraoral de protrusão mandibular, em onze voluntários com idade entre 23 e 62 anos, sendo 63,6% do gênero masculino e 36...

‣ Ronco e apneia na infância: Evidências científicas.

Maccarini, Laura
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 24 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.567793%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Odontologia.; As crianças podem apresentar vários distúrbios respiratórios durante o sono: ronco primário, síndrome de resistência das vias aéreas superiores e apneia/hipopneia (central, obstrutiva ou mista). A síndrome da apneia e hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS) em crianças é caracterizada por períodos recorrentes de elevada resistência das vias aéreas superiores, com parcial ou completa obstrução intermitente das vias aéreas superiores durante o sono. Esta síndrome quando não tratada é considerada importante para a saúde pessoal e leva a consequências sociais para a vida diária. O objetivo desse trabalho é revisar na literatura sobre ronco e apneia em crianças e adolescentes e suas principais etiologias, sintomas e tratamentos. Foi concluído que as principais etiologias do ronco e apneia em crianças são idade pré-escolar de 4 a 7 anos e fatores anatômicos, os principais sintomas da SAHOS são ronco noturno, respiração bucal forçada, movimentação intensa durante o sono, enurese e sudorese noturna, além de alterações cognitivas e comportamentais como déficit de atenção e hiperatividade. O tratamento da SAHOS é dividido em duas categorias cirúrgico e clinico. O tratamento cirúrgico para crianças é adenotonsilectomia que ainda é o tratamento mais realizado em pré-escolares. O tratamento clínico consiste em CPAP (pressão positiva continua das vias aéreas)...

‣ Resultados preliminares do tratamento dos pacientes submetidos a radiofreqüência (baixa freqüência, somnoplastia) no ronco e apnéia leve do sono

Dibbern,Ralph S.; Thuler,Eric R.; Fomin,Denilson; Oliveira,José A.A.
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.630422%
Introdução: O ronco afeta 5 a 50% da população tornando-se um problema médico e social importante. O tratamento pode ser com medidas comportamentais, CPAP e cirúrgico. Objetivo: Avaliar os resultados pós-operatórios dos pacientes submetidos à radiofreqüência em palato. Forma de estudo: retrospectivo clínico. Material e método: 28 pacientes submetidos à radio-freqüência em palato, com diagnóstico de Ronco e Apnéia Leve do Sono. Observamos os resultados pós-operatórios através das Escalas de Epworth, Ronco e Sonolência diurna, complicações e percentual de melhora dos sintomas. A análise estatística foi pelo Mann Whytney Test. Resultados: 16 pacientes com melhora subjetiva do Ronco acima de 70% após a cirurgia; 26 pacientes mostraram redução significativa pelas Escalas, com complicações mínimas. Conclusão: Radio-freqüência é um método seguro e eficaz no tratamento do Ronco e Apnéia Leve do Sono. Resultados melhores serão obtidos com avaliação criteriosa pré e pós-operatórias.

‣ Ronco habitual e apnéia obstrutiva observada em adultos: estudo de base populacional, Pelotas, RS

Noal,Ricardo B; Menezes,Ana M B; Canani,Simone F; Siqueira,Fernando V
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.567793%
OBJETIVO: Estimar a prevalência de ronco habitual e apnéia obstrutiva observada e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de 3.136 adultos, com 20 anos ou mais, residentes em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2005. Informações sobre os desfechos e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e antropométricas foram coletadas por meio de questionário. A análise estatística bruta e ajustada foi realizada utilizando-se teste exato de Fisher ou qui-quadrado de tendência linear e regressão de Poisson, respectivamente. RESULTADOS: A prevalência encontrada de ronco habitual foi de 50,5% (IC 95%: 48,1;52,8) e de apnéia obstrutiva de 9,9% (IC 95%: 8,7;11,2). Na análise ajustada, o relato de ronco foi maior nos homens (Razão de Prevalências - RP=1,25; IC 95%: 1,16;1,34), nos idosos (RP=1,62; IC 95%: 1,46;1,80), nos tabagistas (RP=1,15; IC 95%: 1,07;1,25), nos alcoolistas (RP=1,17; IC 95%: 1,03;1,31) e nos obesos (RP 1,71, IC95% 1,55;1,88). O relato de apnéia obstrutiva foi maior nos homens (RP=2,05; IC 95%: 1,67;2,52), nos idosos (RP=2,23; IC 95%: 1,64;3,03), nos tabagistas (RP=1,60; IC 95%: 1,25;2,05) e nos obesos (RP=2,61; IC 95%: 1,97;3,47). CONCLUSÕES: Ronco habitual e apnéia obstrutiva foram sintomas comuns na população estudada. Fatores de risco conhecidos como sexo masculino e idade entre quarta e quinta décadas de vida não são modificáveis. Entretanto...

‣ Condutas terapêuticas para tratamento da Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e da Síndrome da Resistência das Vias Aéreas Superiores (SRVAS) com enfoque no Aparelho Anti-Ronco (AAR-ITO)

Ito,Fausto Alves; Ito,Roberto Takashi; Moraes,Nádia Magalhães; Sakima,Tatsuko; Bezerra,Márcio Luciano de Souza; Meirelles,Roberto Campos
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
Os autores apresentam uma revisão da literatura referente às alternativas de tratamento cirúrgicas e não-cirúrgicas para a Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e para a Síndrome da Resistência das Vias Aéreas superiores (SRVAS) com enfoque no princípio de ação e evolução dos aparelhos de avanço mandibular e, em particular, no mecanismo dinâmico de ação do Aparelho Anti-Ronco® (AAR-ITO).

‣ Efetividade do aparelho ortopédico Bionator de Balters no tratamento do ronco e apnéia do sono

Nabarro,Paulo Alberto Donadelli; Höfling,Roberta Tarkany Basting
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
OBJETIVOS: avaliar a efetividade do aparelho ortopédico Bionator de Balters no tratamento da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS). METODOLOGIA: foram selecionados 16 pacientes (18,8% do gênero feminino e 81,3% do masculino) que apresentaram a SAOS mediante diagnóstico. Dos 16 pacientes que utilizaram o aparelho ortopédico Bionator de Balters, apenas 9 apresentaram boa aceitação (56,25%) e concluíram o tratamento. Estes foram submetidos a nova polissonografia, realizada com o paciente fazendo uso do aparelho ortopédico Bionator de Balters, para avaliar a eficácia deste dispositivo no tratamento do ronco e da apnéia. A comparação entre os resultados do IDR (índice de distúrbio respiratório) inicial (11,5) e final (4,2) foi realizada utilizando-se o teste t pareado (α = 0,05). RESULTADOS: observou-se melhora estatisticamente significativa do IDR após a utilização do dispositivo. CONCLUSÕES: a utilização do aparelho ortopédico Bionator de Balters pode ser considerada um método de tratamento da SAOS em casos leves ou moderados, apesar de ser um método pouco tolerado pelos pacientes.

‣ Fonoaudiologia X ronco/apneia do sono

Soares,Elisângela Barros; Pires,Joicy Barbalho; Menezes,Michele de Alicrim; Santana,Suzany Karla Silva de; Fraga,Juliana
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
TEMA: sendo o sono necessário para termos energia, o ronco e a apneia do sono tornam-se obstáculos que acarretam problemas de saúde, como também problemas sociais, conjugais, escolares, entre outros. OBJETIVO: contribuir para um maior conhecimento do profissional fonoaudiólogo sobre as causas, consequências, diagnóstico e formas de tratamento da apneia obstrutiva do sono (AOS), a fim de favorecer a definição da conduta por este profissional, seja ela, encaminhar para um diagnóstico, tratar (por meio de fonoterapia) essa patologia ou indicar o tratamento médico, seja ele, cirúrgico ou conservador. CONCLUSÃO: as possíveis alterações fonoaudiológicas encontradas nestes pacientes são: língua alargada apresentando hipotonia, palato mole com volume aumentado, dificuldade na alimentação devido ao aporte insuficiente de ar e ao bruxismo, possivelmente causado pela tensão e ansiedade decorrentes das noites mal dormidas. Outras alterações podem ser encontradas decorrentes do tratamento cirúrgico empregado em alguns casos, como a disfagia ou até mesmo alterações na fala e na ressonância da fala decorrente de uma uvulopalatoplastia. O enfoque do tratamento fonoaudiológico é a mioterapia dos músculos envolvidos, priorizando a musculatura palatal. Percebe-se que o fonoaudiólogo pode contribuir para amenizar os sintomas encontrados nestas patologias...

‣ A percepção do acompanhante e do indivíduo com ronco/saos antes e após fonoterapia

Matsumura,Erika; Tonisi,Gislene A. Barros Rodrigues; Vecina,Ana Lúcia Cruz; Inocêncio,Lia Bartieri; Guimarães,Kátia C. Carmello; Nemr,Nair Kátia
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.630422%
Objetivo verificar a percepção do acompanhante e a auto-avaliação do indivíduo com ronco/síndrome da apnéia obstrutiva do sono; coletar medidas das circunferências abdominal e cervical antes e após fonoterapia, além de realizar avaliação miofuncional para relacionar os resultados com a gravidade do distúrbio do sono observado. Métodos participaram deste estudo onze indivíduos entre 25 e 75 anos de ambos os sexos com diagnóstico polissonográfico recente de síndrome da apnéia obstrutiva do sono leve a severo e/ou ronco primário. Os sujeitos receberam fonoterapia, exame clínico fonoaudiológico, aplicação de questionários de Berlim (adaptado) e Epworth nas fases pré e pós-fonoterapia. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente por meio do teste de Wilcoxon (α = 0,05). Resultados dois indivíduos não aderiram ao tratamento. Não foi verificada diferença significante entre circunferências cervical e abdominal inicial e final (cervical p=0,069 / abdominal p=0,789). Todos os pacientes apresentaram melhora no tônus da musculatura supra-hióidea, rebaixamento de dorso de língua...

‣ Ronco: critérios diagnósticos e tratamento

Silveira,Flávio José Magalhães da; Duarte,Ricardo Luiz de Menezes
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.630422%
O ronco é um problema importante com consequentes manifestações sociais e médicas. O passo inicial consiste em confirmar a presença do ronco e excluir qualquer doença respiratória noturna para que o tratamento adequado seja instituído. Este capítulo analisa o gerenciamento atual do ronco e seu tratamento.

‣ Consequências do ronco não-tratado

Silveira,Flávio José Magalhães da; Duarte,Ricardo Luiz de Menezes
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.37027%
Em alguns estudos, o ronco tem sido associado com um risco aumentado de hipertensão, doença cardíaca isquêmica e acidente vascular encefálico. Os mecanismos são desconhecidos, mas provavelmente mediados pela apneia obstrutiva do sono. Contudo, a maioria dos roncadores não tem apneia do sono. Se o ronco, por si só, aumenta o risco de doença cardiovascular, isso ainda permanece controverso.

‣ Consenso brasileiro de ronco e apneia do sono: aspectos de interesse aos ortodontistas

Chaves Junior,Cauby Maia; Dal-Fabbro,Cibele; Bruin,Veralice Meireles Sales de; Tufik,Sergio; Bittencourt,Lia Rita Azeredo
Fonte: Dental Press International Publicador: Dental Press International
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
O objetivo deste artigo é explicitar o posicionamento das sociedades médicas que, reunidas, estabeleceram consenso sobre os parâmetros clínico-laboratoriais que envolvem os distúrbios respiratórios do sono, em especial o ronco e a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS). Os ortodontistas, que vêm ocupando gradativamente seu espaço em equipes multidisciplinares que atuam na área do sono humano, pouco conhecem sobre essa uniformização coordenada pela Associação Brasileira de Sono. Os trabalhos clínicos e as pesquisas científicas oriundos da Odontologia, e em particular da Ortodontia, também devem observar e seguir esses critérios de diagnóstico e tratamento estabelecidos pela comunidade médica brasileira.

‣ Avaliação da função pulmonar em obesos mórbidos com sonolência diurna excessiva

Gonçalves, Marize Jácome
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.801228%
Background: Obesity impairment to the pulmonary function related to the magnitude of adiposity and is associated with excessive daytime sleepiness (EDS) and snoring, among others symptoms of respiratory disorders related to sleep. It is possible that obese individuals with excessive daytime sleepiness may make changes in lung function on spirometry monitored during the day as a consequence of fragmented sleep or episodes of nocturnal hypoventilation that cause respiratory and changes that can persist throughout the day. The combination of these findings alone sleepiness observed by subjective scales with pulmonary function in obese patients is unknown. Objective: To assess the influence of EDS and snoring on pulmonary function in morbidly obese and distinguish between different anthropometric markers, the snoring and sleepiness which the best predictors of spirometric function and respiratory muscle strength and endurance of these patients. Methods: We evaluated 40 morbidly obese markers on the anthropometric, spirometric respiratory variables, maximal inspiratory and expiratory pressures (MIP and MEP) and maximal voluntary ventilation (MVV) and the measured excessive daytime sleepiness (the Epworth sleepiness scale) and snoring (snoring scale of Stanford). The data were treated when the differences between the groups of obese patients with and without sleepiness...

‣ Associações técnicas conjugadas para correção cirúrgica do ronco e SAOS (periférica)

D'Avila,Jeferson Sampaio; Gois,Carlos R. T.; Santos Jr.,Ronaldo C.; Todt Neto,João C.
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.200967%
OBJETIVO: Com esta proposta de associação conjunta de técnicas cirúrgicas clássicas objetivamos oferecer de forma mais segura aquilo que cada uma especificamente apresenta de melhor, com a introdução da Microscopia Óptica em todos os procedimentos. MATERIAL E MÉTODO: Realizamos com critérios bem definidos o topodiagnóstico prático periférico, isolando apenas os classificados como Nível I de Fujita. Associamos três grupos específicos de técnica. Grupo A: LAUP (Kamami) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado-FM). Grupo B: LAUP + Criptólise (Krespi) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado). Grupo C: LAUP + Microcirurgia Tonsilas (Andréa/Dias) + U.P.F.P. (FM). As indicações cirúrgicas de cada grupo são para: Grupo A: hipertrofia de úvula + rebaixamento de palato + ausência ou atrofia de tonsilas palatinas (TP). Grupo B: quadro anatômico semelhante ao Grupo A + hipertrofia de TP (grau I e II). Grupo C: hipertrofia de úvula e de TP (grau III)+ redundância faríngea. No período de 38 meses, estamos com 60 casos operados, na proporção de: Grupo A: 20, Grupo B: 12 e Grupo C: 28. RESULTADOS: Houve melhora clínica em 46 pacientes (76,67%). Os melhores resultados foram detectados nos Grupos A e C. CONCLUSÃO: A seleção em grupos dos pacientes portadores de ronco e SAOS (periférica) do nível I de Fujita...

‣ Ronco habitual e apnéia obstrutiva observada em adultos: estudo de base populacional, Pelotas, RS; Habitual snoring and obstructive sleep apnea in adults: population-based study in Southern Brazil

Noal, Ricardo B; Menezes, Ana M B; Canani, Simone F; Siqueira, Fernando V
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.567793%
OBJETIVO: Estimar a prevalência de ronco habitual e apnéia obstrutiva observada e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de 3.136 adultos, com 20 anos ou mais, residentes em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2005. Informações sobre os desfechos e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e antropométricas foram coletadas por meio de questionário. A análise estatística bruta e ajustada foi realizada utilizando-se teste exato de Fisher ou qui-quadrado de tendência linear e regressão de Poisson, respectivamente. RESULTADOS: A prevalência encontrada de ronco habitual foi de 50,5% (IC 95%: 48,1;52,8) e de apnéia obstrutiva de 9,9% (IC 95%: 8,7;11,2). Na análise ajustada, o relato de ronco foi maior nos homens (Razão de Prevalências - RP=1,25; IC 95%: 1,16;1,34), nos idosos (RP=1,62; IC 95%: 1,46;1,80), nos tabagistas (RP=1,15; IC 95%: 1,07;1,25), nos alcoolistas (RP=1,17; IC 95%: 1,03;1,31) e nos obesos (RP 1,71, IC95% 1,55;1,88). O relato de apnéia obstrutiva foi maior nos homens (RP=2,05; IC 95%: 1,67;2,52), nos idosos (RP=2,23; IC 95%: 1,64;3,03), nos tabagistas (RP=1,60; IC 95%: 1,25;2,05) e nos obesos (RP=2,61; IC 95%: 1,97;3,47). CONCLUSÕES: Ronco habitual e apnéia obstrutiva foram sintomas comuns na população estudada. Fatores de risco conhecidos como sexo masculino e idade entre quarta e quinta décadas de vida não são modificáveis. Entretanto...

‣ Ronco habitual e apnéia obstrutiva observada em adultos: estudo de base populacional, Pelotas, RS

Noal,Ricardo B; Menezes,Ana M B; Canani,Simone F; Siqueira,Fernando V
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.567793%
OBJETIVO: Estimar a prevalência de ronco habitual e apnéia obstrutiva observada e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de 3.136 adultos, com 20 anos ou mais, residentes em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2005. Informações sobre os desfechos e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e antropométricas foram coletadas por meio de questionário. A análise estatística bruta e ajustada foi realizada utilizando-se teste exato de Fisher ou qui-quadrado de tendência linear e regressão de Poisson, respectivamente. RESULTADOS: A prevalência encontrada de ronco habitual foi de 50,5% (IC 95%: 48,1;52,8) e de apnéia obstrutiva de 9,9% (IC 95%: 8,7;11,2). Na análise ajustada, o relato de ronco foi maior nos homens (Razão de Prevalências - RP=1,25; IC 95%: 1,16;1,34), nos idosos (RP=1,62; IC 95%: 1,46;1,80), nos tabagistas (RP=1,15; IC 95%: 1,07;1,25), nos alcoolistas (RP=1,17; IC 95%: 1,03;1,31) e nos obesos (RP 1,71, IC95% 1,55;1,88). O relato de apnéia obstrutiva foi maior nos homens (RP=2,05; IC 95%: 1,67;2,52), nos idosos (RP=2,23; IC 95%: 1,64;3,03), nos tabagistas (RP=1,60; IC 95%: 1,25;2,05) e nos obesos (RP=2,61; IC 95%: 1,97;3,47). CONCLUSÕES: Ronco habitual e apnéia obstrutiva foram sintomas comuns na população estudada. Fatores de risco conhecidos como sexo masculino e idade entre quarta e quinta décadas de vida não são modificáveis. Entretanto...