Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

‣ Early cardiac effects of a high-sucrose diet in a rat model of prediabetes

Nunes, Sara Raquel
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
39.183943%
A cardiomiopatia diabética (CMD) é vista como uma cardiomiopatia específica e definida por alterações estruturais e funcionais no miocárdio devido a anomalias metabólicas e celulares induzidas pela diabetes mellitus (DM). A transição das anomalias metabólicas precoces que precedem a DM, como a glicemia de jejum alterada e a intolerância à glicose, para um estado de diabetes pode levar muitos anos; no entanto, as estimativas actuais indicam que a maioria dos indivíduos neste estado de pré-diabetes eventualmente desenvolve DM. Durante o estado pré-diabético, o risco de eventos cardiovasculares está já aumentado e as anomalias cardíacas podem aparecer antes do diagnóstico da DM. A identificação precoce de alterações cardíacas em pacientes pré-diabéticos/resistentes à insulina poderá ser a melhor estratégia para prevenir a evolução para fases mais graves da doença. Para elucidar se estados iniciais de disfunção cardíaca estão já presentes na pré-diabetes com resistência à insulina, e os mecanismos envolvidos, testamos um possível modelo animal que pode mimetizar um estado pré-diabético em humanos com resistência à insulina, sem outros factores associados que podem levar à lesão/disfunção cardíaca...

‣ Marcadores precoces de doença cardiovascular em mulheres com síndrome dos ovários policísticos; Early markers of cardiovascular disease in women with polycystic ovary syndrome

Soares, Gustavo Mafaldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
121.10749%
Introdução:A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é a endocrinopatia mais comum em mulheres no menacme, com prevalência variando de 5 a 10%. A SOP está associada à elevação do risco cardiovascular e eventos metabólicos adversos, incluindo obesidade, resistência à insulina, dislipidemia e inflamação crônica de baixo grau. Apesar dos fatores de risco cardiovascular serem mais prevalentes em mulheres com SOP, não existe evidência científica de maior incidência de doença cardiovascular (DCV) nestas mulheres. Vários estudos reportaram alterações em marcadores de risco para DCV na SOP, porém ainda não foram determinados quais os marcadores ideais para a detecção precoce da DCV. Objetivo:Avaliar a presença de marcadores precoces de DCV em mulheres jovens e não-obesas com SOP. Casuística e Métodos:Foram incluídas 39 pacientes com SOP e 50 mulheressaudáveis, com ciclos menstruais regulares e pareadas por idade e índice de massa corporal (IMC). Através da ultra-sonografia foram avaliados os seguintes marcadores de DCV: índice de rigidez da artéria carótida comum, distensibilidade da artéria carótida comum, espessura da camada íntima-média da artéria carótida comum (IMT) e dilatação mediada pelo fluxo da artéria braquial (DMF). Foram avaliadas ainda variáveis antropométricas...

‣ Lipoproteína de baixa densidade oxidada (LDLox) versus lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)] de adolescentes: análise comparativa; Oxidized low-density lipoprotein (oxLDL) versus electronegative low density lipoprotein [LDL (-)] of adolescents: a comparative analysis

Cohen, Danielle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
28.391584%
A obesidade é considerada uma doença crônica e multifatorial, onde eventos como a inflamação de baixa intensidade e as modificações oxidativas estão presentes. A elevada prevalência de obesidade tem impacto direto no desenvolvimento precoce de diabetes mellitus, hipertensão e outros fatores de risco cardiovasculares. Esse perfil tem motivado a identificação de biomarcadores precoces, sendo o monitoramento da lipoproteína de baixa densidade oxidada (LDLox) e lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)] potenciais candidatos. Diante do exposto, o objetivo deste estudo foi realizar a análise comparativa e de correlação entre o conteúdo de LDLox e [LDL(-)] em adolescentes. Foram selecionados 137 adolescentes de ambos sexos, com faixa etária de 10 a 19 anos e regularmente em matriculados em escolas públicas da cidade de São Paulo. O peso, altura e circunferência da cintura (CC) foram avaliados. Após jejum (12h-15h) foi coletada uma amostra de sangue e, a partir do plasma, foram realizadas as seguintes análises: glicose, insulina, perfil lipídico, apolipoproteína (AI e B), ácidos graxos não esterificados, tamanho de HDL, atividade da CETP e LDL(-) e LDLox. Os resultados encontrados foram analisados por meio do programa SPSS 15.0...

‣ Avaliação da medida do índice tornozelo-braquial em portadores de hipercolesterolemia familiar; Assessment ot the ankle-brachial index in patients with familial hypercholesterolemia

Pereira, Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
49.35301%
A hipercolesterolemia familiar (HF) é uma doença de herança genética autossômica dominante caracterizada pela elevação dos níveis séricos de colesterol total e das lipoproteínas de baixa densidade (LDL- c). Conhecida por estar estreitamente relacionada ao processo aterosclerótico, a HF pode determinar o desenvolvimento de lesões obstrutivas precoces em distintos leitos arteriais. Nesse contexto, a HF também tem sido proposta como um fator de risco para a doença arterial periférica (DAP). Avaliamos assim de forma sistemática por meio de um estudo transversal e observacional, a prevalência de DAP em uma população brasileira de portadores de HF. Estudamos também sua associação com diversos fatores de risco cardiovascular, incluindo sexo, idade, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, tabagismo, perfil lipídico, níveis séricos de glicemia e creatinina. Avaliou-se também a associação da DAP com histórico prévio de doença cardiovascular (DCV) bem como sua associação com marcadores de aterosclerose subclínica representados pela angiotomografia coronariana e escore de cálcio coronário. Foram estudados 212 portadores de HF, sendo que em 86% foi comprovada presença de mutação do receptor da LDL e um grupo de comparação composto por 524 indivíduos normolipidêmicos. O rastreamento da DAP foi realizado por dois avaliadores treinados...

‣ Doença renal crônica, inflamação e aterosclerose : novos conceitos de um velho problema; Chronic renal disease, inflammation and atherosclerosis : new concepts about an old problem

Dummer, Claus Dieter; Thomé, Fernando Saldanha; Veronese, Francisco José Veríssimo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
59.35424%
A doença renal crônica (DRC) atinge hoje proporções epidêmicas e constitui um problema emergente de saúde pública. Fatores de risco comuns entre a uremia e a doença cardiovascular (DCV) são reconhecidos e resultam na elevada prevalência de eventos cardiovasculares que são a principal causa de morte em pacientes com DRC. O desenvolvimento de aterosclerose acelerada está relacionado a fatores de risco tradicionais, como diabetes mellitus, hipertensão arterial, dislipidemia e tabagismo, mas recentemente tem sido verificado que outros fatores não tradicionais também estão fortemente associados, entre os quais inflamação, estresse oxidativo, disfunção endotelial e a uremia per se, mesmo em estágios mais precoces da DRC. Marcadores do estado inflamatório, como proteína C-reativa, interleucina 6 e fibrinogênio, correlacionam-se com mortalidade cardiovascular. A associação entre inflamação, desnutrição e aterosclerose acelerada compõe a síndrome MIA (malnutrition, inflammation and atherosclerosis), comumente detectada em urêmicos, e que está diretamente relacionada com a gênese da DCV. Outros fatores importantes são o estresse oxidativo exacerbado, medido pela oxidação lipídica, protéica e de carboidratos (AGES) e que ocasiona dano tecidual...

‣ Plasma aminothiol profile and some of its determinants in subjects from the Azores Archipelago, Portugal

Lima, Ana Patrícia Rego
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
48.65558%
Dissertação de Mestrado em Ciências Biomédicas; Comparados com Portugal Continental, os Açores possuem as mais altas taxas de mortalidade padronizadas por doenças cardiovasculares (CVD), cuja principal causa é a aterosclerose. Geralmente, os sintomas só surgem em fases avançadas da doença, havendo necessidade de encontrar marcadores precoces e não invasivos. Os aminotióis, tais como a homocisteína (Hcy), a cisteína (Cys), a cisteinil-glicina (Cys-Gly) e o glutationo (GSH) são componentes intra e extracelulares fundamentais que servem numerosas funções no metabolismo e na homeostase, particularmente como tampões redox e como componentes da defesa antioxidante. Disfunções no estado redox tiólico podem estar relacionadas com a ocorrência da aterosclerose e CVD. Este trabalho apresenta, pela primeira vez, a determinação do perfil aminotiólico plasmático (PAP) e dos seus principais determinantes (concentrações plasmáticas de folato, vitamina B12 e vitamina B6 e actividade sérica do γ-glutamil transferase - γ-GT), bem como as suas relações com o género, a idade e o perfil lipídico sérico de um grupo de voluntários aparentemente saudáveis, naturais e residentes nos Açores. Apesar de as concentrações médias de todos os tióis estarem dentro dos intervalos de referência...

‣ Disfunção endotelial em crianças com obesidade

Pires, António Manuel Guerra Santos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
29.467524%
A obesidade caracteriza-se por um processo pró-inflamatório crónico que resulta na lesão do endotélio. O consequente desequilíbrio na produção de mediadores que normalmente regulam a homeostasia vascular, particularmente a biodisponibilidade do óxido nítrico, favorece um ambiente pró-aterosclerótico propício ao desenvolvimento da doença cardiovascular. Estudos anatomo-patológicos em crianças com excesso de peso, evidenciam lesões do endotélio que se traduzem nos precursores da lesão aterosclerótica. No entanto, as repercussões metabólicas e cardiovasculares raramente são sintomáticas em idade pediátrica, sendo detectadas apenas através de biomarcadores ou alterações morfológicas do coração e dos vasos. OBJETIVO Este projecto teve como objectivo avaliar clínica,analítica e imagiologicamente alterações precoces sugestivas de disfunção endotelial e a sua intercorrelação em crianças com obesidade, seguidas na Consulta de Risco Cardiovascular do Serviço de Cardiologia Pediátrica do Hospital Pediátrico de Coimbra, possibilitando a caracterização da nossa população obesa pediátrica, contribuindo, assim, para a prevenção da doença cardiovascular associada à obesidade. MATERIAIS E MÉTODOS Realizámos um estudo observacional e transversal...

‣ Abordagem clinico-laboratorial das dislipidemias em crianças e adolescentes, com enfase na hipertrigliceridemia grave : estudo populacional e de casos clinicos; Clinical-laboratorial approach of the dyslipidemias in children and adolescents with emphasis in the serious hypertriglyceridemia : populacional and clinical cases study

Raquel Tiemi Takata
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
40.392935%
Foi objetivo deste trabalho realizar um estudo para a avaliação do perfillipídico de crianças e adolescentes (1 dia a 19 anos) atendidos nos ambulatórios de Pediatria do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, em Campinas, no interior do estado de São Paulo. No penodo de 2000 a 2003 observou-se que entre 2031 indivíduos avaliados, 34% apresentaram colesterol e triglicerideos acima do valor esperado para a faixa etária, 34% apresentaram colesterol elevado e HDL-C baixo e 190./0demonstraram triglicerídeos altos e HDL-C baixo, indicando que a fteqüência de dislipidemias em crianças e adolescentes nesta região é muito alta. Também neste trabalho realizou-se o diagnóstico clínico e laboratorial das hipertrigliceridemias graves em crianças e adolescentes, foi investigada a presença de mutações associadas à deficiência da lipoproteína lipase e foi identificou a presença de marcadores precoces da aterosclerose. Em crianças a hipertrigliceridemia pode ser de causa primária ou genética elou secundária à doença ou medicamentos. As de causa genética são raras na inf'ancia. A deficiência da lipoproteína lipase (LPL) é uma doença autossômica recessiva que acomete 1:1.000.000 de indivíduos na população geral. Cursa com hipertrigliceridemia grave. O diagnóstico inicial pode ser realizado pela presença de soro lipêmico e por episódios recorrentes de dor abdominal. Na literatura são descritas mais de 200 mutações associadas à deficiência da lipoproteína lipase. Dentre as mais freqüentes são aquelas localizadas no códon 188...

‣ Deformação miocárdica analisada por 2D strain em indivíduos com lúpus eritematoso sistémico

Rafael, Tânia Sofia Dutra Moreira
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
28.88839%
Mestrado em Tecnologia de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular. Área de especialização: Ultrassonografia Cardiovascular.; Introdução: O Lúpus Eritematoso Sistémico é uma doença sistémica crónica autoimune, de etiologia desconhecida que no seu curso afeta o sistema cardiovascular, podendo provocar compromisso da função ventricular esquerda. Contudo, é possível que mesmo em situações em que os índices de função sisto-diastólica convencionais se encontrem normais, possam ocorrer alterações da deformação miocárdica, que são índices mais sensíveis de função ventricular. Recorrendo à nova modalidade ecocardiográfica de speckle tracking, é possível detetar e quantificar alterações da deformação miocárdica. Objetivos: Descrever a deformação miocárdica global do ventrículo esquerdo por speckle tracking em indivíduos com LES, com carga lupídica estável, e idade superior a 18 anos de idade. Metodologia: Estudo retrospetivo de tipologia descritivo-correlacional com abordagem quantitativa. Foi estudado um grupo de 55 indivíduos com avaliação dos parâmetros ecocardiográficos convencionais e dos parâmetros globais da deformação miocárdica longitudinal. Para os parâmetros ecocardiográficos convencionais e de deformação foram utilizados os valores de referência existentes na literatura para caracterização da amostra. Estatisticamente foi utilizado o teste do Qui-Quadrado para análise comparativa...

‣ Relación entre el perfil de presión arterial y el tamaño renal con la afectación subclínica de órgano diana en pacientes normotensos con poliquistosis renal autosómica dominante y sin insuficiencia renal

Sans Atxer, Laia; Ballarín Castan, José Aurelio
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
39.789778%
La poliquistosis renal autosómica dominante (PQRAD) es la enfermedad genética con afectación renal más común. Se caracteriza por la aparición y progresivo crecimiento de quistes renales, que alteran la estructura normal del parénquima renal conduciendo a la insuficiencia renal avanzada. Representa la entrada en tratamiento sustitutivo renal del 10 % de los pacientes que lo requieren. La principal causa de mortalidad de los pacientes poliquísticos es la enfermedad cardiovascular, muy ligada a una aparición precoz de hipertensión arterial (HTA) y de lesión subclínica de órgano diana. Tanto la HTA como el volumen renal son dos de los factores de progresión más importantes de la enfermedad. El volumen renal se correlaciona de forma estrecha con la HTA y con la pérdida de función renal, especialmente cuando ya existe alteración de la misma. Sin embargo, existe poca información sobre la relación en fases iniciales de la enfermedad entre el volumen renal, la presión y la lesión subclínica de órgano diana en pacientes poliquísticos normotensos. La hipótesis de trabajo de esta tesis doctoral es que incluso en estadios muy precoces de la PQRAD cuando todavía no hay insuficiencia renal y la presión arterial (PA) es normal...