Página 1 dos resultados de 97 itens digitais encontrados em 0.005 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre

‣ Associação entre restrição de sono e sobrepeso/obesidade entre crianças do sul do Brasil: estudo de uma coorte de nascimentos

Halal, Camila dos Santos El
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
68.684307%
Introdução: A obesidade infantil configura um problema de saúde pública a nível mundial, com uma perspectiva de aumento ainda mais significativo nos próximos anos, especialmente entre países em desenvolvimento. Crianças com sobrepeso são expostas desde muito cedo a comorbidades e patologias crônicas que implicam em aumento da morbimortalidade. Concomitantemente, as horas de sono da população em geral, inclusive crianças, vêm diminuindo de maneira gradativa. Estudos vêm buscando evidencias que conectem a redução do número de horas de sono noturno e obesidade. Entre crianças em idade pré-escolar, tal correlação ainda não está bem estabelecida.Objetivo: Avaliar e associação entre restrição de sono nos primeiros anos de vida e sobrepeso/obesidade aos 4 anos.Materiais e Métodos: Foi utilizado o banco de dados da Coorte de Nascimentos de 2004 da cidade de Pelotas, Brasil, correspondentes aos acompanhamentos perinatal, de 12, 24 e 48 meses. Nesses momentos, o principal cuidador da criança respondeu perguntas a respeito de hábitos de sono, alimentares e sobre características demográficas e socioeconômicas. Consideraram-se restritas em sono as crianças que dormiam em média menos de 10 horas por noite. Consideraram-se com sobrepeso as crianças com escore-Z para IMC a partir de 2 desvios-padrões da média estabelecida pela Organização Mundial de Saúde...

‣ Prevalência de distúrbios do sono em adolescentes em situação de vulnerabilidade social e sua relação com transtornos cognitivos e comportamentais

Romanzini, Lisie Polita
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
79.34779%
Introdução: Queixas de sono são frequentes na adolescência e podem estar associadas a problemas intrínsecos, comportamentais e ambientais. Restrição de sono nesta faixa etária pode resultar em piora do desempenho escolar e alterações comportamentais. A insônia, o atraso de fase e a sonolência diurna excessiva estão entre os mais frequentes. Doenças psiquiátricas como transtorno de ansiedade, depressão e TDAH possuem importante relação com distúrbios do sono. O objetivo deste estudo é investigar a prevalência dos distúrbios do sono em adolescentes em situações de vulnerabilidade social, correlacionar tais observações com problemas cognitivos e comportamentais e verificar a efetividade de uma intervenção educativa e de higiene do sono.Método: Estudo transversal e de intervenção em que a amostra foi composta por 125 estudantes do ensino médio de uma escola na cidade de Porto Alegre, que atende uma população com grande vulnerabilidade social. Os instrumentos utilizados para avaliar o sono foram duas escalas, Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI) e a Epworth Sleepiness Scale (ESS). Na avaliação cognitiva foi utilizado a Wechsler Abbreviated Scale of Intelligence (WASI), que avalia QI, e o SNAP-IV para diagnóstico de TDAH. Uma intervenção educativa e de higiene do sono foi realizada para avaliar possível melhora em alunos com alterações do sono.Resultados: Dos 125 estudantes incluídos...