Página 1 dos resultados de 2060 itens digitais encontrados em 0.006 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem / Health Sciences Research Unit: Nursing Escola Superior de Enfermagem de Coimbra / Nursing School of Coimbra

‣ Prevenção secundária da doença cardiovascular: importância da consulta de enfermagem no controlo do índice de massa corporal e perímetro abdominal

Ferreira, Paulo Alexandre Carvalho
Fonte: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem / Health Sciences Research Unit: Nursing Escola Superior de Enfermagem de Coimbra / Nursing School of Coimbra Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem / Health Sciences Research Unit: Nursing Escola Superior de Enfermagem de Coimbra / Nursing School of Coimbra
Tipo: Outros
Publicado em 15/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67.87679%
Introdução: As doenças cardiovasculares são a mais importante causa de mortalidade no nosso país. Sendo uma doença associada ao estilo de vida, existe um enorme potencial de intervenção para os enfermeiros enquanto agentes promotores de estilos de vida saudáveis, atuando na sua promoção e prevenção da doença. Uma vez instalada a doença cardiovascular, continua a ser imperioso o controlo dos fatores de risco cardiovascular e a adesão à terapêutica, pois na prática verifica-se que os doentes mantêm comportamentos de risco cardiovascular. Objetivos: O objetivo geral deste trabalho é analisar os efeitos de um programa de prevenção secundária da doença cardiovascular nos doentes a quem foi diagnosticada Síndrome Coronária Aguda (SCA); e o objetivo específico é analisar as diferenças entre os diferentes momentos do programa de ensino sobre o Índice de Massa Corporal (IMC) e o perímetro abdominal (PA). Metodologia: Estudo antes-após com grupo testemunho, randomizado, de âmbito quantitativo. A amostra é constituída por 24 participantes: 13 no grupo experimental (GE) e 11 no grupo de controlo (GC). Os participantes foram repartidos aleatoriamente pelos grupos e a avaliação efetuou-se duas vezes: no início (antes do programa de consultas) e no final. Os sujeitos do GE foram ainda sujeitos a uma avaliação intermédia. O GE foi acompanhado durante seis meses...