Últimos itens adicionados do Acervo: Fundação Oswaldo Cruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) é uma instituição de nível federal vinculada ao Ministério da Saúde localizada na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Página 7 dos resultados de 9742 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ Genome-wide transposon mutagenesis in pathogenic Leptospira species

Murray, Gerald L; Morel, Viviane; Cerqueira, Gustavo Maia de; Croda, Julio Henrique Rosa; Srikram, Amporn; Henry, Rebekah; Ko, Albert Icksang; Dellagostin, Odir Antonio; Bulach, Dieter M; Sermswan, Rasana W; Adler, Ben; Picardeau, Mathieu
Fonte: American Society for Microbiology Publicador: American Society for Microbiology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português

‣ Aspectos adaptativos de Schistosoma mansoni na fase esquistossômulo: abordagem in vivo e in vitro

Jeremias, Wander de Jesus
Fonte: s.n. Publicador: s.n.
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Dentre as formas evolutivas do Schistosoma mansoni, o esquistossômulo é uma das mais estudadas para desenvolvimento de novos fármacos e sistemas diagnósticos. Embora a transformação in vitro seja vantajosa, é importante discutir as limitações do uso de resultados obtidos a partir de parasitos cultivados in vitro em relação aos obtidos no processo natural de infecção. No presente trabalho, esquistossômulos obtidos in vivo e in vitro foram comparados em relação a capacidade de captar sondas fluorescentes, específicas para estruturas internas celulares ou membranas superficiais do parasito. As sondas empregadas para membranas e estruturas internas mostraram marcação similar entre parasitos obtidos in vitro, por transformação mecânica (Mec) e por penetração em pele (Pel). No entanto, diferenças foram observadas quando estes parasitos foram comparados a outros obtidos in vivo pelo método de Clegg (Clegg et al, 1965), sendo detectado um aumento da permeabilidade de membranas. Os dados sugerem que nos esquistossômulos cultivados in vivo o metabolismo é mais ativo nas células superficiais e que durante sua permanência por até 72 horas na pele há um extenso turnover da superfície do parasito, envolvendo moléculas internas e um aumento da liberação de imunógenos. A aumentada permeabilidade pode permitir ainda a captação de moléculas...

‣ Reações adversas não-alérgicas à suspensão injetável de benzilpenicilina benzatina: uma revisão sistemática

Miranda, Maria do Carmo de Castro; Rozenfeld, Suely; Oliveira, Sérgio Pacheco de
Fonte: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular Publicador: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A benzilpenicilina benzatina é essencial para o tratamento de doenças infecciosas e para a prevenção de doenças cardiovasculares. Entretanto, a gravidade das reações locais, tais como necrose e abscesso, foi pouco estudada. Efetuou-se revisão sistemática da literatura sobre as reações adversas não-alérgicas provocadas pela suspensão injetável de benzilpenicilina benzatina. Pesquisou-se o banco de dados MEDLINE, no período de 1966 a 2001, com as seguintes palavras chaves: penicillin G benzathine e benzylpenicillin benzathine. Como fontes complementares foram feitos contatos com os fabricantes da suspensão injetável de benzilpenicilina benzatina e com as agências reguladoras internacionais na área de medicamentos. A pesquisa incluiu todos os tipos de desenho epidemiológico, artigos de revisão, comentários e cartas. Foi feita uma padronização da extração dos dados por meio de instrumento de avaliação qualitativa, elaborado para este estudo e validado por sete especialistas. Foram identificados 1.400 artigos publicados, desses, 140 foram selecionados, após aplicados os critérios de inclusão. Os referentes a relato de casos e série de casos (n= 41) foram submetidos a abordagem metodológica da revisão sistemática...

‣ Reação em cadeia da polimerase como recurso ao diagnóstico da raiva

Kimura, Leda Maria Silva; Dantas Junior, Joeler Vargas; Moura, Wlamir Corrêa de; Kotait, Ivanete; Marins, Victor Augustus; Brandão, Paulo Eduardo
Fonte: Sociedade de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro Publicador: Sociedade de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A Raiva é uma das doenças mais temidas entre as diferentes zoonoses que ameaçam o homem, pois evolui sempre para o aspecto letal, sendo sua morbidade praticamente igual à mortalidade. Acresce ainda que os prejuízos econômicos causados ao rebanho bovino assumem impacto geral na economia pecuária, reduzindo a produção de leite e carne e gerando implicações na área de saúde pública. O laboratório representa uma peça fundamental nesse contexto, visto que o êxito das medidas complexas de prevenção numa comunidade, como vacinação perifocal, ou a terapia vacinal no ser humano exposto, dependem de rapidez e da confiabilidade do diagnóstico. Esta condição tem induzido ao desenvolvimento e adaptações de técnicas visando melhorar a velocidade e a eficiência do diagnóstico da Raiva, assim como o incremento das pesquisas. O presente estudo objetivou ressaltar o valor da técnica molecular de RT-PCR como uma ferramenta adicional ao diagnóstico clássico da virose, sem, no entanto, substituir as provas convencionais. Trinta e duas amostras obtidas de sistema nervoso central de mamíferos domésticos e silvestres de diferentes regiões do Brasil foram selecionadas, 28 apresentando positividade para a Raiva, nas provas clássicas e 4 negativas nessas mesmas provas. A técnica de RT-PCR foi aplicada nestes materiais...

‣ Vírus rábico em morcego Nyctinomops laticaudatus na cidade do Rio de Janeiro, RJ: isolamento, titulação e epidemiologia

Silva, Marlon Vicente da; Xavier, Sheila de Matos; Moreira, Wildeberg Cál; Santos, Beatriz Cristina Pereira dos; Esbérard, Carlos Eduardo L
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Apresenta-se o primeiro relato de raiva em morcego da espécie Nyctinomops laticaudatus, na Cidade do Rio de Janeiro, RJ. Foram realizados isolamento e titulação viral em diferentes tecidos, encontrando-se altos títulos no cérebro e glândulas salivares. A ocorrência de raiva em uma espécie pouco freqüente neste estado sugere que a doença pode ser mais prevalente do que aparenta.

‣ Metodologias alternativas à experimentação animal: aplicação no controle da qualidade de produtos sujeitos à ação da Vigilância Sanitária

Abreu, Clarice Lima do Canto; Presgrave, Octavio Augusto França; Delgado, Isabella Fernandes
Fonte: Conselho Federal de Medicina Veterinaria Publicador: Conselho Federal de Medicina Veterinaria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português

‣ Composição centesimal e perfil de minerais da carne de avestruz (Struthio camelus)

Feijó, Marcia Barreto da Silva; Jacob, Silvana do Couto; Mano, Sérgio Borges; Fernandes, Maria Leonor; Moraes, Milena Lima de
Fonte: Associação Brasileira de Nutrição Publicador: Associação Brasileira de Nutrição
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A carne e os produtos de carne são importantes fontes de proteínas, de vitaminas e de minerais, mas contêm, também,teores de gordura, ácidos graxos saturados, colesterol, sal, entre outros indesejáveis numa dieta saudáveis. Neste contexto, surge como alternativa, uma carne exótica, de cor e sabor semelhantes à bovina, mas com características tão saudáveis que a torna uma limento funcional: a carne de avestruz. Este trabalho teve como objetivo determinar a composição centesimal e o perfil de minerais da carne de avestruz. Os resultados confirmam sua qualidade nutricional, com elevado teor de proteína, ferro e cálcio e baixo teor de lipídeos. Atenção deve ser dada ao sódio, cujos valores encontrados ficaram superiores aos obtidos em estudos anteriores.

‣ Haloperidol mais prometazina para pacientes agitados: uma revisão sistemática

Huf, Gisele; Coutinho, Evandro Silva Freira; Adams, Clive Elliot
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
OBJETIVO: A tranquilização farmacológica rápida e segura de episódios de agitação/agressividade é muitas vezes inevitável. Esta revisão investiga a efetividade da combinação haloperidol e prometazina intramuscular, muito utilizada no Brasil. MÉTODO: Através de busca nos registros do Cochrane Schizophrenia Group, foram incluídos todos os ensaios clínicos nos quais a combinação haloperidol e prometazina foi avaliada em pacientes agressivos com psicose. Todos os estudos relevantes foram avaliados quanto à qualidade e tiveram seus dados extraídos de forma confiável. RESULTADOS: Foram identificados quatro estudos relevantes de alta qualidade. A combinação haloperidol e prometazina foi comparada com midazolam, lorazepam, haloperidol isolado e olanzapina, todos administrados por via intramuscular. No Brasil, a combinação foi efetiva, com mais de 2/3 dos pacientes tranquilos em 30 minutos, mas midazolam foi mais rápido. Na Índia, comparado a lorazepam, a combinação haloperidol e prometazina foi mais efetiva. Após as primeiras horas, as diferenças foram negligenciáveis. O uso de haloperidol isolado acarretou maior incidência de efeitos adversos. Olanzapina promove tranquilização tão rapidamente quanto a combinação...

‣ Legislação sanitária brasileira e a comunicação de risco de produtos de limpeza doméstica

Presgrave, Rosaura de Farias; Camacho, Luiz Antonio Bastos; Villas Bôas, Maria Helena Simões
Fonte: Sociedade Brasileira de Toxicologia Publicador: Sociedade Brasileira de Toxicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
É dever do Estado prevenir riscos à saúde e uma medida eficaz poderia ser a comunicação do risco através da rotulagem dos produtos disponíveis à população, para que as pessoas possam tomar medidas de proteção. O objetivo deste estudo foi analisar a legislação sanitária brasileira dos produtos de limpeza domésticos quanto às exigências das informações toxicológicas a serem fornecidas na rotulagem. A legislação avaliada foi a referente aos produtos antimicrobianos, corrosivos, praguicidas e alvejantes, quanto à algumas possíveis situações de risco. Nem todos o documentos avaliados exigem destaque e definem a localização no rótulo para as advertências de manter o produto fora do alcance de crianças, ler as instruções antes de usar, manter o produto na embalagem, não reutilizar a embalagem vazia e para a descrição dos riscos do produto. A recomendação para levar o rótulo ao médico consta apenas na legislação específica, o cuidado com utensílios de cozinha usados como medida é exigido apenas para desinfetantes e, um telefone de emergência é exigido em apenas uma legislação. Os resultados indicam a necessidade de que a legislação que regulamenta os produtos saneantes domisanitários seja revisada tornando acomunicação do risco através da rotulagem mais eficaz.

‣ Isolamento e contagem de B. cereus em amostras de café torrado e moído comercializado no município do Rio de Janeiro

Souza, Cyllene de Matos Ornelas da Cunha Corrêa de; Abrantes, Shirley de Mello Pereira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Acredita-se que o café seja uma bebida conhecida há mais de mil anos no Oriente Médio, mais especificamente na região de Kafa, tendo sido os árabes os primeiros no mundo a cultivá-lo. Esta herança histórica deu origem ao nome Cof ea arabica, que designa uma das mais importantes espécies de café. Existem ainda, evidências botânicas que sugerem que a planta do café originou-se, mais precisamente, na Etiópia Central. Um total de 23 amostras diferentes de marcas de café torrado e moído foi submetido à análise. As amostras de café torrado e moído foram analisadas no Laboratório de Alimentos e Contaminantes do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde - Fiocruz e no Laboratório de Fisiologia Bacteriana do Departamento de Bacteriologia do Instituto Oswaldo Cruz-Fiocruz. O resultado da análise microbiológica comprovou a presença de Bacillus cereus, sendo esse um indicativo agravante de um agente causador de intoxicação nos consumidores.

‣ Comparação entre conjugados in house e comerciais pela técnica de rápida inibição de focos fluorescentes (RFFIT) na avaliação de anticorpos antirrábicos

Moreira, Wildeberg Cál; Moura, Wlamir Corrêa de; Silva, Marlon Vicente da; Marcovistz, Rugimar
Fonte: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública Publicador: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A raiva é uma zoonose letal transmitida ao homem pela inoculação do vírus rábico, principalmente pela mordedura de animais infectados. Em 2005, o Ministério da Saúde brasileiro gastou cerca de R$66 milhões com ações de vigilância epidemiológica, empregados em campanhas de vacinação e na aquisição de imunobiológicos. O controle sorológico é exigência básica para a correta avaliação da pessoa vacinada. Neste trabalho, 91 soros de 34 indivíduos foram submetidos à titulação de anticorpos pela técnica de rápida inibição de focos fluorescentes, adaptada a microplacas de 96 poços, para comparar um conjugado produzido in house com outro comercial. Do total, 74 soros (82,2%) apresentaram título ≥0,5UI/mL e 12 soros (13,33%), título <0,5UI/mL. Estes resultados mostram que a rápida inibição de focos fluorescentes utilizando o conjugado produzido in house foi tão sensível quanto com o conjugado comercial. As diferenças entre os conjugados não foram significativas e os títulos de anticorpos apresentaram elevada correlação (r=0,94).

‣ Avaliação do grau de implantação do programa de controle da transmissão vertical do HIV em maternidades do "Projeto Nascer"

Santos, Elizabeth Moreira dos; Reis, Ana Cristina; Westman, Suzanne; Alves, Rosane Gomes
Fonte: Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde Publicador: Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
OBJETIVO: avaliar o grau de implantação do Programa Nacional de Controle da Transmissão Vertical do HIV em maternidades brasileiras. METODOLOGIA: nesta pesquisa, o desenho metodológico envolveu um estudo transversal (análise de prontuários e entrevistas com puérperas e observação da assistência no pré-parto); e um estudo retrospectivo das mulheres com diagnóstico sorológico positivo para o HIV que tiveram seus recém-nascidos nas maternidades selecionadas. RESULTADOS: das 30 maternidades investigadas, 67% possuíam kit para testes rápidos anti-HIV e AZT (IV e xarope) disponíveis. No estudo retrospectivo identificou-se 324 parturientes soropositivas para o HIV, 18% não medicadas com AZT IV e 7% não tendo seus bebês medicados. CONCLUSÃO: a não disponibilidade de recursos humanos e de kits para testes rápidos, as condições inadequadas de realização do teste, e a falta de aconselhamento e testagem de parturientes na maternidade foram os principais fatores negativos encontrados.

‣ A biologia das arqueias halofílicas e seu potencial biotecnológico

Sallôto, Gigliola Rhayd Boechat; Pinto, Leonardo Henriques; Lima, Joyce Lemos; Vieira, Ricardo Pilz; Cardoso, Alexander Machado; Martins, Orlando Bonifácio; Clementino, Maysa Beatriz Mandetta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Ambientes hipersalinos encontram-se distribuídos por todas as partes do mundo, onde podem ser observados organismos representantes dos domínios Archaea, Bacteria e Eukarya. Nesta revisão, são abordados os principais tópicos referentes, a taxonomia, filogenia e biotecnologia de arqueias halofílicas, como, por exemplo: a produção de biopolímeros ou enzimas e biodegradação de compostos tóxicos. O grupo de pesquisa vem trabalhando para descrever novas linhagens de arqueias halofílicas assim como determinar a comunidade desses micro-organismos em estudos de metagenômica das logoas de Araruama, um dos maiores complexos naturais hipersalino do mundo, localizado no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

‣ Reações adversas aos produtos cosméticos e o Sistema de Notificação em Vigilância Sanitária: um inquérito

Huf, Gisele; Rito, Priscila da Nobrega; Presgrave, Rosaura de Farias; Villas Bôas, Maria Helena Simões
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
INTRODUÇÃO: Este trabalho integra um estudo que investiga a qualidade dos produtos cosméticos e avalia o sistema de cosmetovigilância. OBJETIVO: Ele apresenta os resultados de um inquérito cujo objetivo foi descrever o ponto de vista populacional em termos da prevalência de Reações Adversas (RA) e informações sobre o sistema de vigilância. MÉTODOS: Um questionário estruturado foi aplicado a uma amostra aleatória de 200 funcionários administrativos da Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Resultados: 38% dos participantes declararam RA a algum produto cosmético utilizado nos últimos dois anos. CONCLUSÃO: Pelo nosso conhecimento, este é um estudo inédito no Brasil que apresenta resultados em relação à prevalência de RA estimados de forma semelhante aos das pesquisas internacionais.

‣ Determinação dos corantes artificiais presentes em balas consumidas por crianças com idade entre 3 e 9 anos

Pinheiro, Maria Clara de Oliveira; Abrantes, Shirley de Mello Pereira
Fonte: Eskalab Publicador: Eskalab
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Sabe-se que a única função dos corantes alimentares é conferir cor ao alimento, não oferecendo nenhum valor nutritivo a este. Estudos vêm demonstrando a ocorrência de reações adversas em curto e longo prazo, devido ao consumo de alimentos que apresentam corantes artificiais. As reações variam desde reações tóxicas no metabolismo desencadeantes de alergias, alterações no comportamento, em geral, e carcinogenicidade, esta última observada em longo prazo. O objetivo do presente trabalho foi determinar os corantes artificiais presentes nas balas mais consumidas por estudantes com idade entre 3 e 9 anos da rede particular de ensino do bairro da Tijuca, no município do Rio de Janeiro. Pinheiro e Abrantes (2012) verificaram que aproximadamente 88 % das crianças consomem balas semanalmente e que as mais consumidas constavam nos rótulos os seguintes corantes artificiais: vermelho 40 (E129), azul brilhante (E133), azul de indigotina (E132) e amarelo crepúsculo (E110) e nenhum dos rótulos apresentou os teores dos corantes utilizados. Após análise, as balas apresentaram os seguintes teores: vermelho 40 – entre 1,3 e 7,4 mg/100g, azul de indigotina – 0,4 mg/100g e amarelo crepúsculo – 0,6 mg/100g. Verificou-se também que todas as amostras analisadas estavam de acordo com a legislação...

‣ Presença de matérias estranhas em erva-doce, Pimpinella anisum L.

Santos, Juliana Machado dos; Abrantes, Shirley de Mello Pereira
Fonte: Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde Publicador: Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A palavra “chá” é usada popularmente no Brasil como sinônimo de infusão de frutos, folhas, raízes ou ervas como camomila, hortelã, erva-doce, capim-cidreira. A Resolução da Diretoria Colegiada RDC nº 277/2005 define “chá” como “o produto constituído de uma ou mais partes de espécie(s) vegetal(is) inteira(s), fragmentada(s) ou moída(s), com ou sem fermentação, tostada(s) ou não”. O produto deve ser designado como “chá”, seguido do nome comum da espécie vegetal utilizada. O Codex Alimentarius considera crianças e idosos grupos de risco quanto à presença de matérias estranhas em alimentos. O presente estudo teve como objetivo avaliar a qualidade, através da pesquisa de matérias estranhas, de dez marcas de “chás” da espécie vegetal Pimpinella anisum L. oferecidas no mercado varejista do Rio de Janeiro. Foram utilizadas as metodologias para alimentos da Association of Official Analytical Chemists de 2010 e para droga vegetal da Farmacopeia Brasileira de 2010. Das onze marcas, seis apresentaram presença de matérias estranhas acima de 2%, conforme estabelecido na Farmacopeia Brasileira. Em todas as amostras foram detectadas a presença de terra e areia indicativas de falhas das Boas Práticas pelas legislações específicas.

‣ Vigilância sanitária municipal do Rio de Janeiro: considerações sobre a aplicabilidade normativa no controle de alimentos

Tancredi, Rinaldini Coralini Philippo; Moraes, Orlando Marino Gadas de; Marin, Victor Augustus
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
As regulamentações no âmbito da Vigilância Sanitária, aplicada à área de alimentos, são oriundas de diferentes esferas hierárquicas de governo, com predominâncias das regulamentações municipais. Em vista disto, resolveu-se identificar e discutir os diferentes atos normativos e os instrumentos legais utilizados pela Vigilância Sanitária na área de alimentos, e sua aplicabilidade, assim como a competência dos Ministérios da Saúde e Agricultura no controle dos diferentes tipos de alimentos e ainda o quantitativo de documentos legais extraídos pela Vigilância Sanitária Municipal no período de 1997 a 2004. Os dados obtidos na Divisão de Apoio Técnico em Vigilância e Fiscalização Sanitária da Cidade do Rio de Janeiro, foram analisados e permitiram a constatação de que, as ações fiscais na área de alimentos são executadas de acordo com os atos normativos disponíveis e através de documentos legais pertinentes e com homogeneidade na relação quantitativa de extração desses documentos, verificando-se, ainda, a predominância do caráter educativo sobre o punitivo nas ações fiscais.

‣ Doenças transmitidas por alimentos na população idosa: riscos e prevenção

Leite, Luísa Helena Maia; Waissmann, William
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
As doenças transmitidas por alimentos são, ainda, um importante problema desaúde pública no mundo contemporâneo. Existem evidências de que a populaçãoidosa é mais vulnerável às infecções - particularmente as veiculadas por água ealimentos - devido ao declínio da função imune relacionado à idade, às alteraçõesdas funções fisiológicas, às deficiências nutricionais e ao uso intenso de antibióticos. Destacam-se, por outro lado, os fatores de risco comportamentais, ouseja, aqueles relacionados às práticas de higiene e segurança alimentar no preparo domiciliar dos alimentos. Recentemente, foram identificados nove enteropatógenos de alta gravidade para a população idosa: Vibrio spp, Listeriamonocytogenes, Escherichia coli 0157:H7, Campylobacter jejuni, Salmonella enteriditis, Norwalk virus, Yersinia enterocolitica, Toxoplasma gondii e Shigella sp. As práticas de segurança alimentar mais recomendadas para evitá-los envolvemo controle das temperaturas de conservação e de cocção dos alimentos, a prevenção da contaminação cruzada, a eliminação de alimentos de fontes inseguras e a higiene pessoal. As doenças veiculadas por alimentos e água podem ser prevenidas por meio da educação em saúde, especialmente no ambiente das unidades de cuidados básicos de saúde. O objetivo deste estudo foi identificar artigos publicados no campo da geriatria e infecções intestinais visando o planejamento de estratégias educacionais para prevenir as doenças transmitidas por alimentos na população idosa.

‣ Por uma tecnologia de cuidado integral ao paciente da fila de espera para artroplastia total primária de joelho no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia

Almeida, Katharine Fonseca de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
Português
O objeto do estudo em questão é o cuidado ao paciente que está na fila de espera para um procedimento ortopédico de alta complexidade, a artroplastia total primária dejoelho no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia. Atualmente o tempo aproximado de espera na instituição para a realização desse procedimento, após a indicação pelo especialista, é de 44 meses. A proposta inicial foi o desenho, com aparticipação dos profissionais envolvidos, de um dispositivo de intervenção pela equipe multidisciplinar ao paciente que está aguardando na fila, contribuindo para o aperfeiçoamento de práticas de assistência integral, humanizada e voltadas paraqualidade do cuidado. Esse cuidado integral ao sujeito em sofrimento deve ser entendido, principalmente, como se opondo à visão reducionista focada na doença, tão presente no modelo biomédico assistencial hegemônico. A abordagem metodológica foiclínico-qualitativa apoiada na Psicossociologia Francesa e na Psicodinâmica do Trabalho. Foram realizadas entrevistas individuais semi-estruturadas com os pacientesda fila de espera e posteriormente entrevistas em grupo semi-estruturadas com a equipe multidisciplinar do Centro de Atenção Especializada do Joelho, baseadas na problematização do material produzido nas entrevistas com os pacientes. Adotamos como principais categorias analíticas a noção de cuidado ao paciente...

‣ Estratégias para a elaboração do Plano de Farmacovigilância considerando o conhecimento e opinião dos profissionais de uma indústria pública

Carvalho, Janaína de Pina
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
Português
A farmacovigilância é uma importante atividade na promoção do uso racional e seguro de medicamentos e foi iniciada em Farmanguinhos, laboratório farmacêutico oficial da FundaçãoOswaldo Cruz, no ano de 2007. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, por meio da Resolução RDC nº 4, de 10 de fevereiro de 2009, prevê que toda indústria farmacêutica apresente, dentre outros documentos, seu Plano de Farmacovigilância (PFV), contendo umsistema de gerenciamento de risco que descreva as ações de rotina e ações adicionais propostas para a vigilância dos medicamentos. Esta regulamentação e seus guias trouxeram para o Brasil o entendimento internacional de que a farmacovigilância e a preocupação com operfil de segurança deve ser iniciada ainda durante o desenvolvimento do medicamento, antes do lançamento do produto no mercado. O principal objetivo deste trabalho foi propor estratégias para construção do PFV,considerando os conhecimentos, atitudes e sugestões dos profissionais de Farmanguinhos sobre a farmacovigilância e as normas a ela referentes. Para tanto, foi realizado estudo transversal por meio de questionário semi-estruturado, junto a87 profissionais selecionados de Farmanguinhos. A proposição de estratégias para a Farmacovigilância e para a construção do PFV...