Últimos itens adicionados do Acervo: Fundação Oswaldo Cruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) é uma instituição de nível federal vinculada ao Ministério da Saúde localizada na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Página 14 dos resultados de 9742 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

‣ Esquistossomose mansônica humana: avaliação do receptor antagonista de IL-13 (IL-13Ra2) e da resposta imune celular

Figueiredo, Anna Lígia de Castro
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
Estudos indicam que citocinas Th1 (IL-2, TNF-alfa e IFN-gama) reduzem a fibrose na esquistossomose mansônica, enquanto que as Th2 (IL-4, IL-5, IL-6, IL-10 e IL-13) tem papel crítico na patogênese da doença. O desenvolvimento da resposta Th2 é dependente de IL-4, mas estudos revelaram a IL-13 como a mediadora da fibrose. Os mecanismos de controle da IL-13 estão ligados aos receptores desta citocina. O receptor IL-13Ra2, conhecida como receptor antagonista se liga com alta afinidade a IL-13, e estudos identificaram a sua participação na diminuição da fibrose e tamanho do granuloma. O principal objetivo desse projeto é avaliar o papel do IL-13Ra2 e da resposta imune celular nos diferentes graus de fibrose hepática e nas formas clínicas da esquistossomose mansônica humana. Os pacientes com diversas formas clínicas foram selecionados no Ambulatório de Gastroenterologia do HC- UFPE e avaliados através da ultrassonografia. As citocinas Th1 e Th2 foram dosadas através de citometria de fluxo e ELISA (IL-13 e IFN-gama), para a análise estatística foram utilizados testes de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis e o teste de correlação de Spearman considerando um p 0,05 como significativo. Foi encontrado uma correlação negativa (p 0...

‣ Custo biológico associado à resistência ao inseticida temephos em populações de Aedes aegypti (DIPTERA: CULICIDAE)

Diniz, Diego Felipe Araujo
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
Este estudo avaliou o desempenho biológico e reprodutivo de populações de Aedes aegypti resistentes ao organofosforado temephos, através da análise dos seguintes parâmetros: dinâmica de desenvolvimento de formas imaturas (larvas, pupas) e adultas; tamanho; fecundidade; tabela de vida de fertilidade; longevidade e reservas energéticas. Os testes foram realizados com uma população de campo (Arcoverde/PE), com elevada razão de resistência ao inseticida (RR=226,6), além de três linhagens isogenéticas, RecR (RR=303,4), RecRNEx (RR=250,5) em processo de reversão da resistência e RecRev (RR=2,32), susceptível revertida, usada como controle nos experimentos. Os resultados revelaram que a ausência de exposição ao temephos levou a redução da RR da RecRNex e a recuperação do padrão de normalidade de algumas enzimas, exceto a-esterase e GST, principais responsáveis pela resistência metabólica. Parâmetros biológicos foram comprometidos nas populações resistentes, sobretudo o tempo de desenvolvimento larval, o número de fêmeas reprodutivamente ativas e a fecundidade. A análise da tabela de vida de fertilidade confirmou desvantagens para as populações resistentes ligadas a redução nos valores da taxa líquida de reprodução...

‣ Prevalência e fatores associados à pressão arterial elevada no povo indígena Xukuru do Orubá, Pesqueira-PE,2010

Barbosa, Jessyka Mary Vasconcelos
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
Doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo e a pressão arterial (PA) elevada e um dos seus principais fatores de risco. As mudanças no estilo de vida das populações indígenas parecem contribuir para uma transição no perfil epidemiológico com emergência de doenças cronicas não transmissíveis, como a PA elevada. Diante disso, objetivou-se verificar a prevalência de PA elevada e seus fatores associados no povo indígena Xukuru do Ororuba, Pesqueira-PE. Para tanto, realizou-se um estudo transversal no povo Xukuru com idade igual e superior a 18 anos. Os dados relativos as variáveis sociodemograficas, econômicas e comportamentais foram coletados através de questionário estruturado. A PA foi medida duas vezes utilizando tensiometro digital profissional. Aqueles que apresentaram PA sistolica .140 mmHg e/ou PA diastolica .90 mmHg e/ou sob utilização de medicamento anti-hipertensivo, foram considerado com PA elevada. A analise dos dados foi efetuada com a utilização dos programas SPSS para Windows (versao 16) e Stata versao 10.1. O efeito de fatores estudados sobre a PA elevada foi estimado por meio de regressão de Poisson simples e as variáveis que apresentaram p0,25 foram selecionadas para as analises múltiplas...

‣ Otimização de ferramentas moleculares baseadas em multiplex PCR para inclusão de controles de qualidade amostral no diagnóstico das leishmanioses

Albuquerque, Suênia da Cunha Gonçalves de
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
A detecção precoce das leishmanioses e a rápida instituição do tratamento são de suma importância para os indivíduos e comunidades afetadas, visto que pacientes contribuem para a manutenção do ciclo da doença. Diante das limitações apresentadas pelos métodos tradicionais de diagnóstico, a PCR tem se apresentado como ferramenta promissora para a detecção dos casos. No entanto, perdas de DNA durante o processo de purificação podem afetar mais significativamente o material genético dos parasitos, gerando resultados falso-negativos. Este estudo teve como objetivo desenvolver e avaliar dois protocolos de triplex PCR para investigar possíveis causas de negatividade no diagnóstico molecular das formas visceral (LV) e tegumentar (LT) das leishmanioses. Pares de primers para detecção de um controle interno (gene G3PD) e dois controles externos (DNA genômico de M. pachydermatis e plasmídeo comercial pUC18 foram adaptados a protocolos de PCR convencionais validados para a detecção de L. infantum e L.(V.) braziliensis e duas reações triplex foram otimizadas. Dados de sensibilidade (S), especificidade (E) e eficiência (e) dos novos sistemas foram calculados em 186 amostras de sangue coletadas de cães em áreas endêmicas...

‣ Estudo de mecanismos de resistência e virulência em isolados de Klebsiella pneumoniae produtores de carbapenemase

Martins, Willames Marcos Brasileiro da Silva
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
Este estudo visou a caracterização molecular de mecanismos de virulência e resistência aos antimicrobianos em isolados de K. pneumoniae MDR provenientes de um hospital universitário em Recife-PE. Seis isolados de K. pneumoniae produtores de carbapenemase foram obtidos de pacientes hospitalizados na UTI de um hospital universitário do Recife. Os isolados apresentaram resistência a todos os antimicrobianos beta-lactâmicos e quinolonas testados, mas sensibilidade a amicacina, polimixina B e tigeciclina, por meio de microdiluição em caldo. A tipagem molecular por PFGE revelou que os isolados são intimamente relacionados, apresentando três subclones distintos. Dois STs foram detectados, o ST340 e o ST11, ambos pertencentes ao CC258. Os genes blaKPC-2 e blaSHV-11 foram detectados em todos os isolados, seguido do gene blaCTX-M-15 em quatro dos seis isolados e por fim os genes blaCTX-M-2, qnrB19, aac(6')-31 em dois dos seis isolados. Os genes blaKPC-2 e blaCTX-M-15 estavam presentes em um mesmo plasmídeo de aproximadamente 133 Kb pertencente ao IncI-gama em quatro isolados. Nos demais isolados os genes blaKPC-2 e blaCTX-M-2 eram carreados também por um plasmídeo de, aproximadamente, 133 Kb, entretanto, não foi possível tipar o mesmo com as metodologia utilizada. O gene qnrB19 foi detectado sendo carreado por um plasmídeo de 15 Kb pertencente ao IncY. Todos os isolados apresentaram integron de classe 1...

‣ Avaliação da estratégia de saúde da família do município do Cabo de Santo Agostinho- PE quanto às dimensões de estrutura, processo e resultado

Macedo, Cicera Lissandra Sá Vieira
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
A Estratégia de Saúde da Família foi implantada no Brasil há duas décadas com o objetivo de reorganizar a Atenção Primária em Saúde. Sua expansão traz como desafio a necessidade de avaliar-lhe quanto ao seu desempenho. O presente estudo propôs avaliar a Estratégia de Saúde da Família no município do Cabo de Santo Agostinho quanto às dimensões de estrutura,processo e resultado. Realizou-se uma pesquisa avaliativa, descritiva e transversal baseada na Teoria Geral dos Sistemas de Donabedian. Foram elencados indicadores de estrutura,processo e resultado que possibilitaram a construção de uma matriz de relevância. A eleição dos indicadores foi baseada na literatura, bem como em documentos oficiais do Ministério daSaúde. Para os indicadores de resultado elegeu-se uma das linhas de cuidado, a atenção aos pacientes portadores de diabetes mellitus e hipertensão arterial, enquanto condição traçadorada assistência. O período de estudo foi o ano de 2012. As conclusões evidenciaram como principais óbices ao desenvolvimento da estratégia, a carência dos profissionais,particularmente o Agente Comunitário de Saúde, a inadequada infraestrutura física das unidades, além dessas serem instaladas em sua maioria em imóveis alugados. Ademais...

‣ Avaliação sanitária do Biotério de criação: uma contribuição para a melhoria da qualidade dos animais de laboratório produzidos no CPqAM

Silva, Jorge Ricardo Ferreira da
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
Objetivou-se com este trabalho avaliar os procedimentos e práticas de rotina visando a melhoria na qualidade dos animais de laboratório produzidos no biotério de criação do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães da FIOCRUZ-PE. Foi realizado, inicialmente, um estudo para obtenção de indicadores do perfil sanitário ambiental e animal que permitiu traçar um diagnóstico, visando propor estratégias de ação para garantia da qualidade dos animais. Para o diagnóstico ambiental foram coletadas amostras utilizando swabs estéreis e exposição de placas de Petri para isolamento bacteriano e fúngico. Foi observada prevalência bacteriana das espécies Staphylococcus xilosus; Staphylococcus equorum; Staphylococcus lentus; Staphylococcus ssp; Acinetobacter baumannii e Sphingomonas paucimobilis e prevalência fúngica dos gêneros: Aspergillus sp; Penicillum sp; Cladosporium sp; Paecilomyces sp; Aerobasidium sp; Paecilomyces sp e Geotrichum sp. Para o diagnóstico sanitário animal, 64 camundongos das linhagens Swiss, BALB/C e C57BL/6, foram enviados para o laboratório do Serviço de Controle de Qualidade Animal (SECQUAL) do Centro de Criação Animal (CECAL) da FIOCRUZ-RJ, com ocorrência de Pseudomonas sp, Pasteurella sp, Syphacia sp...

‣ Análise da vigilância sanitária de fitomedicamentos na cidade do Recife

Silva, Fabiana Barbosa do Nascimento
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
Português
A ação e intervenção da Vigilância Sanitária (VISA) frente ao risco estão pautadas em legislações, no Brasil a VISA está descentralizada e atua nos três níveis de governo através do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), coordenado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Dentre os produtos sujeitos a VISA encontram-se os de origem vegetal chamados de fitomedicamentos, e com o objetivo de entender a VISA nestes produtos em Recife/PE a partir da descrição do marco regulatório internacional e nacional, comparando-os; bem como da análise de processos administrativos originados de irregularidades encontradas nos produtos comercializados em Recife/PE, de 2009 a 2012, e a identificação da existência de lacunas nas normas que dificultam a atuação da VISA nesta cidade foi motivo do estudo, através da análise qualitativa de documental. Observou-se a existência nas normas brasileiras de 11 formas diferentes de classificação dos produtos (de alimento a medicamento); Quando comparado a Argentina, Bolívia, Estados Unidos, México, Paraguai, Uruguai e Venezuela, o Brasil apresentou o maior número de normas sobre o tema (75), com 60 relacionadas a produção. Em Recife, de 2009 a 2012, ocorreram 11 processos de autuação relacionados a fitomedicamentos...

‣ Análises de estudos clínicos com vacinas realizados no âmbito do Instituto Oswaldo Cruz e Fiocruzmemória, avaliação e lições

Martins, Reinaldo de Menezes
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Após revisão sistemática da literatura, e outras formas de busca, foram revisados sessenta e um estudos clínicos com vacinas realizados no âmbito da Fundação Oswaldo Cruz: explicam-se os critérios de seleção, metodologia, os contextos de cada um, apresentam-se os resumos dos trabalhos, com comentários, uma análise do conjunto dos trabalhos, faz-se uma discussão final, extraem-se conclusões e são feitas sugestões e propostas para o futuro. Os estudos foram realizados de acordo com os preceitos éticos e com sólida metodologia científica, se bem que os aspectos éticos e metodológicos foram aperfeiçoados e formalizados ao longo do tempo. Todos se destinaram a resolver problemas de saúde relevantes para o país e são notáveis no seu conjunto. O número de estudos, para um período que se estende por cerca de 76 anos, desde o primeiro estudo clínico com vacinas até 2013, é relativamente pequeno para uma instituição com o porte e responsabilidades da Fiocruz O Autor dessa tese foi primeiro autor de três dessas pesquisas, uma das quais publicada em revista internacional de alto impacto na vigência de elaboração dessa tese, e co-autor de quatro outras, todas publicadas em revistas internacionais indexadas. Na segunda parte da tese...

‣ Translocação microbiana e alterações imunopatogênicas da leishmaniose visceral como cofatores da ativação celular, imunosenescência e distúrbios no repertório vbeta em pacientes de coinfecção leishmania/HIV-1

Oliveira, Joanna Reis Santos de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
A coinfecção Leishmania/HIV vem sendo considerada uma associação em várias regiões do mundo e a evolução da doença é agravada pelo comprometimento imune causado por ambos os patógenos. A ativação crônica é um dos principais substratos imunopatogênicos decorrentes da infecção pelo HIV-1 e também pela Leishmania infatum. Neste contexto, este estudo teve por objetivo avaliar a influência da infecção por Leishmania no grau de comprometimento quantitativo e qualitativo dos linfócitos T e na ativação do sistema imune de pacientes coinfectados. Além disso, foram avaliados fatores microbianos associados à ativação celular na leishmaniose visceral (LV) e na coinfecção LV/HIV-1, bem como, o impacto da reconstituição imune pós-terapia antiretroviral (TARV) e do tratamento anti-Leishmania na recuperação da resposta imune celular na LV. Para isso, foram avaliados LV/HIV-1, sendo vinte e um casos com LV ativa e quatorze em fase de remissão pós-tratamento anti-leishmania. Sete casos fazem parte de um estudo longitudinal e ainda se encontram em acompanhamento até o momento Indivíduos com LV (fase ativa e de remissão), casos de HIV-1 e indivíduos sadios também foram estudados como controles. O comprometimento imune foi avaliado através das contagens absolutas de linfócitos T CD4 + ...

‣ Avaliação de fatores epidemiológicos, micológicos, clínicos e terapêuticos associados à esporotricose

Freitas, Dayvison Francis Saraiva
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Esporotricose é uma micose subcutânea causada pelo fungo dimórfico previamente descrito como uma única espécie, Sporothrix schenckii, agora entendido como um complexo de diferentes espécies de interesse clínico. A região metropolitana do Rio de Janeiro constitui área hiperendêmica de esporotricose zoonótica transmitida por gatos desde 1998. Clinicamente tem se caracterizado por formas clínicas pouco usuais, manifestações de hipersensibilidade e um número crescente de pacientes coinfectados com HIV. Este estudo teve como objetivo avaliar fatores epidemiológicos, micológicos, clínicos e terapêuticos associados às diversas formas clínicas de pacientes com esporotricose. Foram utilizados o banco hospitalar de registros de pacientes e o banco de cepas do laboratório de micologia do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC), bem como técnicas de identificação genotípica e laboratoriais clássicas para determinação de virulência e fenótipo dos isolados fúngicos. Foi verificado que a dacriocistite aguda (quatro casos entre 2008 e 2010) é uma manifestação da esporotricose que evolui com complicações (fístula e dacriocistite crônica) necessitando reparação cirúrgica. A Síndrome de Sweet foi observada em três pacientes até 2010 e deve ser incorporada como manifestação de hipersensibilidade da esporotricose. As 12 gestantes com esporotricose entre 2005 e 2010 apresentaram boa evolução com termoterapia local. Na análise clínica e terapêutica de 21 casos de esporotricose e HIV...

‣ Evidências clínicas e imunológicas da eficácia do tratamento da leishmaniose cutânea com baixas doses de antimonial pentavalente na manutenção de cura por longo tempo

Gonçalves, Ricardo Vieira
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
O tratamento para leishmaniose cutânea (LC) utilizando antimoniais foi iniciado em 1912, no Brasil. O u so da forma pentavalente (Sb 5+ ) se iniciou na década de 1940, e apesar de ainda ser eficaz para curar a LC efeitos adversos graves podem acontecer. Outras opções de tratamento, como pentamidina e anfotericina B também são de administração parenteral. Na te ntativa de reduzir os efeitos adversos dos Sb 5 + , esquemas terapêuticos em doses baixas já evidenciaram ser seguros no tratamento da LC no Rio de Janeiro, sejam doses de apenas 5mg Sb 5+ /kg/dia por 30 dias (DB ), aplicação intralesional (IL) ou em esquema de uso de uma ampola três vezes por semana (2ª/4ª/6ª) até a cura clínica. Apesar das evi dências de que doses reduzidas de Sb 5+ levam à cura após o tratamento, sua eficácia a longo prazo (mais de cinco anos) não é bem estabelecida. Nosso objetivo foi verif icar se terapias que utilizaram doses reduzidas de antimonial (5mg Sb 5+ /kg/dia por 30 dias, IL ou 2ª/4ª/6 ª ) foram tão eficazes quanto o uso de doses regulares (15mg Sb 5+ /kg/dia) (DR ) na manutenção de cura da LC mesmo longo prazo após o tratamento. Setenta paci entes curados e tratados para leishmaniose foram analisados e comparados: 37 pacientes (52...

‣ Tratamento da fibrose induzida pela infecção por Trypanosoma cruzi com composto inibidor da via de TGF-\03B2 em modelo tridimensional de cultivo de células cardíacas

Ferrão, Patrícia Mello
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
A doença de Chagas é a principal causa de lesões cardíacas em jovens adultos economicamente produtivos em áreas endêmicas da América Latina. A cardiopatia chagásica (CC) se caracteriza como uma doença progressivamente debilitante, na qual o TGF-\03B2 desempenha papel fundamental para o desenvolvimento da fibrose e hipertrofia cardíacas, através da regulação de componentes da matriz extracelular (MEC), tais como a fibronectina, as metaloproteases (MMPs) e os inibidores teciduais das MMPs (TIMPs). No presente estudo, foi verificada a capacidade do inibidor farmacológico da via de TGF-\03B2, SB-431542, em restaurar o equilíbrio da MEC, rompido pela infecção por T. cruzi, e os prováveis mecanismos envolvidos neste processo. Para tal, utilizamos um modelo tridimensional (3D) de cultivo de células cardíacas (denominados esferóides cardíacos), capaz de mimetizar aspectos da arquitetura e fisiologia do tecido cardíaco. O tratamento dos esferóides cardíacos infectados por T. cruzi com SB-431542 resultou na redução parcial da hipertrofia e fibrose dos esferóides cardíacos, por mecanismos envolvendo a redução na expressão de TIMP-1, o aumento na atividade das MMPs 2 e 9, a redução na expressão da fibronectina e a redução da carga parasitária Através de uma abordagem proteômica...

‣ Estudo do papel do Fator de Crescimento Semelhante à Insulina-I (IGF-I) na modulação funcional de macrófagos infectados pelo Mycobacterium leprae

Silva, Leonardo Ribeiro Batista
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Fagócitos mononucleares são as células-alvo para micobactérias patogênicas que geralmente requerem um ambiente intracelular adequado para sua sobrevivência e replicação. Mycobacterium leprae, o agente etiológico da Hanseníase, é capaz de subverter mecanismos microbicidas de macrófagos e sobreviver e replicar no interior dessas células. Contudo o mecanismo molecular envolvido na modulação da célula hospedeira, não étotalmente compreendido. O presente estudo mostrou o potencial papel exercido pelo IGF-I na patogênese causada pelo M. leprae. Foi demonstrado que o M. leprae induz a expressão do fator de crescimento semelhante a insulina (IGF-I), em macrófagos RAW 264.7. Curiosamente, apenas quando as células foram tratadas com anticorpo neutralizante para o receptor do tipo I de IGF-I (IGF-1R) o M. leprae foi capaz de regular positivamente a expressão da enzima óxido nítrico sintase induzível (iNOS) em macrófagos RAW 264.7 ou ativar o promotor de iNOS em células transfectadas com a construção contendo gene repórter da luciferase sob o controle do promotor de iNOS O bloqueio da sinalização de IGF-I reduziu a viabilidade intracelular do M. leprae determinada por qPCR. As células RAW 264.7 pré-tratadas com IGF-I apresentaram uma redução significativa da atividade do promotor iNOS em resposta ao Mycobacterium bovis BCG...

‣ Vacinas de DNA contra o vírus da dengue utilizando como antígenos as proteínas NS1 e NS3

Costa, Simone Morais da
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
O vírus da dengue (DENV) consiste de quatro sorotipos antigenicamente relacionados: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. Apesar dos diversos esforços para o desenvolvimento de uma vacina contra dengue, ainda não há nenhuma comercialmente disponível. As proteínas não estruturais 1 e 3 (NS1 e NS3) são indicadas como antígenos promissores para o desenvolvimento de uma vacina contra DENV. Segundo alguns estudos, a proteína NS1 é capaz de induzir uma resposta protetora de anticorpos com atividade de fixação do complemento. A proteína NS3, que realiza reações enzimáticas essenciais para a replicação viral, parece ser imunogênica, contendo um predomínio de epítopos para linfócitos T CD4+ e CD8+. No presente trabalho nós avaliamos o potencial de vacinas de DNA baseadas nas proteínas NS1 e NS3 de DENV-2. Foram construídos cinco plasmídeos, pcTPANS3, pcTPANS3H, pcTPANS3P, pcTPANS3N e pcTPANS3C, contendo a seqüência que codifica o peptídeo sinal do ativador de plasminogênio de tecido humano (t-PA) fusionado ao gene NS3 inteiro ou partes destes. Todos estes plasmídeos mediaram a expressão das proteínas recombinantes in vitro em células eucarióticas Camundongos foram inoculados com estes plasmídeos e desafiados com DENV-2 por via intracerebral (i.c.). Nenhuma destas construções induziu níveis satisfatórios de proteção. Além dos plasmídeos com NS3...

‣ Diversidade genética dos rotavirus da espécie A antes e após a introdução da vacina monovalente no Brasil

Martínez Gómez, Mariela
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Os Rotavírus da espécie A (RVA) são os principais agentes etiológicos causadores de gastroenterite aguda (GA) em crianças \22645 anos. Após a introdução, em março de 2006, da vacina monovalente G1P[8] (Rotarix® - RV1) no Programa Nacional de Imunizações (PNI) pelo Ministério da Saúde (MS) do Brasil, observou-se uma mudança na epidemiologia dos genótipos de RVA circulantes na população. Apesar desta variação dos genótipos circulantes, observou-se no Brasil uma redução de 22-28% de mortes e de 21-25% de hospitalizações em crianças \02C22 anos de idade, particularmente nas regiões Norte e Nordeste. Provavelmente a variação dos genótipos de RVA, tanto no tempo quando nas regiões geográficas, esteja relacionada a diversos fatores. O fato da vacina RV1 apresentar uma constelação genética (11 genes) Wa-like pode estar influenciando na eficácia da mesma frente aos RVA que apresentem constelações diferentes, como vírus DS-1-like e AU-1-like. Neste estudo foi analisada a diversidade genética de RVA de diversos genótipos detectados no Brasil antes e após a introdução da vacina RV1 pelo PNI, tanto em crianças vacinadas quanto não vacinadas, com o intuito de: i) identificar e caracterizar variantes de RVA emergentes e reemergentes; ii) contribuir para um melhor entendimento da dinâmica evolutiva deste vírus; iii) identificar mutações pontuais e genes que foram introduzidos mediante reestruturação genética...

‣ Determinantes e forças seletivas na evolução das proteínas

Encinas Ponce, Luis Fernando
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
A análise de grandes quantidades de dados aproveitando o poder computacional de ferramentas \2015open source\2016 que estão disponíveis na internet é o que veio a conhecer-se como quarto paradigma da investigação científica. Em muitas áreas do conhecimento como a Astronomia, a Física e Geologia, a experimentação, o desenvolvimento teórico e o poder computacional (os três primeiros paradigmas) têm dado lugar à análise rotineira de grandes quantidades de dados e o desenvolvimento de novos métodos, conceitos e teorias que permitam interpretar a informação gerada por novas tecnologias. No campo da biologia, esta mudança nos paradigmas da investigação científica supõe um desafio na hora de encarar uma questão biológica; mas, em contrapartida, ela oferece a oportunidade de validar teorias clássicas e/ou testar hipóteses novas. Precisamente neste contexto, a presente tese aborda duas questões pertinentes ao campo da biologia evolutiva: Quais são os fatores que determinam a evolução de uma proteína? e Qual é a natureza da seleção cinética traducional?. Estas perguntas são, em principio, relevantes no âmbito teórico; por outro lado, sua compreensão, implicações e perspectivas têm também espaço importante na área experimental A tese está estruturada da seguinte forma: No Capitulo um se descreve uma combinação de análise de texto com outras técnicas de mineração de dados para identificar...

‣ Toxoplasmose experimental no modelo murino com fenótipo extremo para tolerância oral: caracterização celular e humoral

Dias, Raul Ramos Furtado
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
O tecido linfóide das mucosas apresenta estruturas especializadas contendo células imunorreguladoras e mecanismos capazes de determinar indução de tolerância ou resposta inflamatória após a administração oral de um antígeno. Diversos agentes causadores de doenças utilizam a via oral como rota de infecção, dentre eles o Toxoplasma gondii. A infecção por T. gondii pode gerar diversas manifestações patológicas, como por exemplo, a doença inflamatória intestinal, que envolve diferentes tipos celulares, diversas citocinas, bem como a participação da microbiota intestinal. Para melhor compreender o envolvimento dos diversos tipos celulares e elementos humorais na toxoplasmose, elegemos como modelos experimentais as linhagens de camundongos geneticamente selecionados para tolerância oral: TR (resistentes à tolerância) e TS (susceptíveis à tolerância). Os camundongos TS se caracterizam por baixa resposta inflamatória e maior quantidade de células T regulatórias produtoras de IL-10. Em contraste, os camundongos TR produzem fortes reações inflamatórias. A caracterização da toxoplasmose experimental nos camundongos TR e TS infectados por gavagem com T. gondii foi feita por análise histológica e imunohistoquímica de cortes do intestino...

‣ Mutações nos genes não estruturais do vírus da hepatite C associadas à resistência aos novos antivirais

Silva, Allan Peres da
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Introdução e objetivos: Polimorfismos naturais de resistência aos agentes antivirais de atuação direta (DAAs) no vírus da hepatite C (HCV) podem representar um fator limitante para a eficácia dessa terapia. A análise de sequências virais de regiões geográficas distintas pode apresentar diferenças significativas nas frequências de mutações de resistência aos DAAs. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi investigar as mutações associadas à resistência aos DAAs nos genes nãoestruturais (NS) do HCV em isolados virais que circulam no Brasil. Métodos: Foram estudados um total de 390 sequências do genótipo 1 do HCV de pacientes brasileiros virgens de tratamento cronicamente infectados. O RNA viral foi extraído, e as regiões abrangendo os genes NS3, NS4 e NS5 foram amplificadas por RT-PCR e sequenciadas. Resultados: No domínio NS3/4A protease, a variação V36L foi encontrada em 5,60% dos isolados do subtipo 1b, e a substituição T54S em 4,16% das sequências do subtipo 1a; na posição 55, 4,16% dos isolados continham a variação V55A, responsável por causar constrição no sítio de ligação do inibidor de protease boceprevir. Em relação à proteína NS4B, um isolado do subtipo 1b apresentou a substituição F98L...

‣ Avaliação do efeito da seleção com inibidor de síntese de quitina e da exposição a doses parcialmente letais de inseticidas em populações de campo de Aedes aegypti

Belinato, Thiago Affonso
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Ainda hoje o uso de inseticidas é um componente importante das estratégias de controle de vetores. O organofosforado temephos, por exemplo, é utilizado para controle de populações de Aedes aegypti no Brasil desde 1967. Um dos problemas relacionados ao uso intenso de inseticidas por um longo período de tempo é a seleção de indivíduos resistentes. A resistência a inseticidas está, em grande parte, relacionada com o aumento da expansão de A. aegypti ao longo das últimas décadas e é desafio atual dos programas de controle do vetor. Outros compostos, com diferentes mecanismos de ação, têm sido empregados nos locais onde as populações encontram-se resistentes aos inseticidas tradicionais. Uma vez que poucos produtos estão disponíveis para controle de A. aegypti, entender os mecanismos de resistência relacionados aos principais inseticidas atualmente empregados pode ser fundamental para compreender a evolução da resistência em campo. No presente trabalho, foi avaliada, usando a linhagem Rockefeller e populações de campo de A. aegypti, a atividade de enzimas detoxificantes, em resposta a doses parcialmente letais de representantes das principais classes de inseticidas empregados no país: os larvicidas temephos e o inibidor de síntese de quitina (ISQ) diflubenzuron...